Giro do Vale / Destaque / Geral

Estado passa a analisar a localização de usuários de celulares para ações contra a covid-19

Acordo foi fechado nesta quarta-feira com as quatro operadoras que atuam no RS para identificar focos de aglomerações

Foto: Divulgação

O governo gaúcho formalizou nesta quarta-feira, dia 6, acordo que vai permitir o recebimento de dados de localização de usuários das quatro operadoras de telefonia celular que atuam no Estado. O objetivo é acompanhar o deslocamento da população e identificar possíveis focos de aglomeração. As análises irão oferecer subsídios para que as medidas de distanciamento social, usadas como prevenção à pandemia de coronavírus, sejam ampliadas ou flexibilizadas.

A parceria com as empresas Vivo, Claro, Oi, e TIM não terá custos ao Piratini. As informações repassadas não irão identificar os usuários, e sim oferecer as bases para mapas de calor – representação gráfica dos pontos em que há maior concentração de pessoas.

— Desde o início da nossa mobilização diante da pandemia, as ações que implementamos sempre se basearam em indicadores, em evidências científicas, ao que agora se soma o acompanhamento da mobilidade por meio das antenas de celular — disse o governador Eduardo Leite, em transmissão pela internet nesta quarta-feira.

O acesso será às informações obtidas a partir das antenas de telefonia. Cada vez que o usuário passa por esses equipamentos, um registro é gerado pelo aparelho celular.

Servidores da área de planejamento e tecnologia realizaram treinamentos online para o uso das informações. No governo federal, os dados também já foram disponibilizados ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

GaúchaZH

Comentários

  1. Anônimo disse:

    Chou de bola por que nós estamos se cuidondo e eutros não asim vai achudar muito 🇧🇷🤝👍

Publicidade

Últimas Notícias

Técnico Eduardo Coudet deve escalar nesta quinta-feira o que tiver de melhor à disposição

Confira as explicações a algumas das principais dúvidas relacionadas ao novo cronograma de retomada das escolas

Estado registrou 68 novos óbitos apenas nas últimas 24 horas

Temperatura média será um pouco mais alta em relação a esta quarta