Giro do Vale / Destaque

Lajeado é a cidade com mais casos de covid-19 no RS, mas também tem o maior número de recuperados

Com 157 novos casos publicados no relatório da Secretaria Estadual de Saúde, a cidade ultrapassou Porto Alegre

Foto Divulgação

O Rio Grande do Sul contabilizou nesta sexta-feira mais 461 casos de coronavírus nos municípios gaúchos. Lajeado se tornou a cidade com mais casos, após a Secretaria Estadual de Saúde reconhecer mais 157 pacientes que testaram positivo. Assim a cidade chegou a 733 casos, ultrapassando Porto Alegre que está em segundo na lista com um total de 601 casos até aqui.

Segundo o município, os dados apresentam um número ainda maior, seriam 840 pessoas que teriam testado positivo para o novo coronavírus, mas nem todos os casos entraram no balanço do Governo Estadual ainda.

Esse grande número reflete o resultado dos acordos feitos entre frigoríficos da cidade e o Ministério Público, que exigiu a realização de testes com todos os trabalhadores dessas indústrias, para que as mesmas pudessem retomar suas atividades de forma gradual, atendendo ainda outras medidas de segurança.

Maior número de curados

O prefeito Marcelo Caumo falou sobre o número de pacientes que já são considerados recuperados. Segundo o Executivo a taxa de recuperação atinge 90,5%, atingindo 761 pessoas, deixando 63 ativas (7,5%). A cidade contabilizou 16 mortes (1,9%).

No Vale do Taquari

O Estado reconheceu casos em mais cidades do Vale do Taquari nesta sexta-feira: Anta Gorda (1), Arroio do Meio (3), Bom Retiro do Sul (11), Encantado (4), Estrela (2), Imigrante (1), Lajeado (157), Marques de Souza (1), Muçum (3), Paverama (2), Progresso (14), Roca Sales (3), Santa Clara do Sul (4), Taquari (6), Teutônia (11).

Alguns dos casos podem já ter sido contabilizados nos levantamentos divulgados por cada cidade. Está havendo um atraso entre os números lançados pelas prefeituras e o reconhecimento da Secretaria Estadual de Saúde.

Giro do Vale

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Familiares reconheceram a vítima, um homem de 28 anos

Pico de óbitos pela doença no país foi atingido no final de julho

Não há pagamentos para o público geral nesta segunda-feira

Formação de um ciclone extratropical poderá resultar em temporais na Fronteira Oeste