Giro do Vale / Destaque / Polícia

Dois presos e um policial ferido após perseguição que terminou na ponte sobre o Rio Taquari, em Lajeado

Um dos presos constava como foragido, e também foi localizada uma pistola 9mm municiada com outro indivíduo

Foto: Divulgação / BM

Duas pessoas foram presas a bordo de um automóvel Astra de cor prata na BR-386, em Estrela, na noite desta quinta-feira, dia 25. Durante a abordagem, um policial ficou ferido após cair de uma altura de aproximadamente seis metros, no vão da ponte do Rio Taquari.

Segundo a Brigada Militar (BM), durante a manhã, uma guarnição de serviço de Estrela teve informações que o veículo estaria circulando no Bairro Conservas, em Lajeado, em atitude suspeita. Por volta das 20h, em patrulhamento pelo Bairro Marmitt em Estrela, se depararam com um veículo com as mesmas características.

Os policiais tentaram abordar o automóvel, dando sinal com o giroflex e sirene, mas o condutor não obedeceu e fugiu em direção a Lajeado. Na BR-386, próximo à ponte do Rio Taquari, viaturas de Lajeado e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prestaram apoio e conseguiram efetuar o cerco ao carro.

Dentro do Astra estavam cinco indivíduos. Um deles, homem de 28 anos, constava no sistema como foragido. O outro, de 19 anos, possuía um carregador municiado no bolso direito da calça e no banco onde este estava sentado foi encontrada uma pistola 9mm municiada.

Ainda conforme o policiamento nada foi encontrado com os demais e por este motivo foram liberados.

Policial ferido

O policial militar que ficou ferido é da BM de Lajeado. Durante o cerco, ele caiu no vão que há entre a rodovia e a ponte. O brigadiano foi conduzido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Bruno Born, onde realizou exames e está consciente em observação. Segundo informações, ele teve escoriações no braço e na perna e precisou fazer alguns pontos na cabeça.

O Informativo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Material seria entregue para outro indivíduo na cidade

O veículo pertence ao Governo do Estado e era utilizado por trabalhadores da pedreira, em Linha São João

Vítima foi rendida após parar achando que criminosos estavam precisando de ajuda para trocar o pneu

Decisão vale apenas para regiões que estão há pelo menos de duas semanas nas bandeiras amarela e laranja