Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Destaque / Polícia

MP cumpre mandados em Bom Retiro do Sul em investigação ligada a facção criminosa do Estado

Operação visa desarticular esquema de lavagem de dinheiro com veículos furtados de locadoras

Foto: Divulgação / MPRS

O Ministério Público do RS cumpre, na manhã desta quinta-feira, dia 4, seis mandados de busca e apreensão em Bom Retiro do Sul, Gravataí, Alvorada, Sapucaia do Sul e Cachoeirinha em investigação sobre lavagem de dinheiro com veículos furtados de locadoras. Os nomes dos alvos da ofensiva não foram divulgados.

Os criminosos utilizavam os veículos para trabalhar no transporte por aplicativo, e também trocavam esses carros por armas e drogas.

De acordo com o MP, as investigações tiveram início em 2018, a partir de informação do Sindicato das Locadoras de Veículos de que havia um grande volume de desaparecimento de carros mediante fraude. Foram mais de 400 carros, uma das locadoras que foi alvo dos criminosos, teve em torno de cem automóveis subtraídos de seu patrimônio em Porto Alegre.

Segundo o promotor de Justiça Ricardo Herbstrith, da Promotoria Especializada Criminal de Porto Alegre, a ação do bando era organizada . O grupo utilizava documentos falsos para locar os veículos, que não eram mais devolvidos, passando a integrar um mercado ilegal de locação, principalmente para uso por motoristas de aplicativo. Alguns dos carros eram trocados por drogas e armas. 

A prática é comandada por uma facção com base no Vale dos Sinos. O material apreendido na operação será analisado para um maior detalhamento da atuação da organização criminosa e a consequente responsabilização de seus integrantes.

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Encontro entre Eduardo Leite e representantes da Famurs também acena com apoio da Brigada Militar na fiscalização contra aglomerações

Estado recebeu 11 pedidos de reconsideração, mas somente dois foram aceitos

Decisão está publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira

Eleitores que não comprovarem motivo da ausência no período determinado ficam com título irregular e deverão pagar multa