Giro do Vale / Destaque / Geral

Cheias deixam mais de 7 mil pessoas fora de casa no Estado

Igrejinha é o município mais afetado, com 2.007 pessoas desabrigadas ou desalojadas

Foto: Joel Moraes da Silva / Divulgação

O número de pessoas que estão fora de casa no Rio Grande do Sul em razão das cheias segue aumentando. Já são 7.144 moradores que ainda não conseguiram retornar para seus lares, de acordo com o boletim da Defesa Civil Estadual, divulgado no fim da tarde de sábado, dia 11.

Conforme o novo boletim, o município de Igrejinha, no Vale do Paranhana, é o mais afetado, com 2.007 pessoas desabrigadas ou desalojadas. O mapeamento da área atingida mostra que cerca de 510 residências foram atingidas. Na sequência, São Jerônimo tem 1.215 moradores, dos bairros São Francisco, Princesa Isabel, Lindos Ares e Centro fora de casa.

Em Roca Sales, há 1.045 pessoas afetadas. Os desabrigados estão no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município, enquanto aproximadamente 350 famílias desalojadas estão em casas de amigos e familiares.

A Defesa Civil está enviando suprimentos para municípios atingidos. São Sebastião do Caí, Lajeado e Roca Sales receberam máscaras, álcool gel, cobertores e kits de higiene, que serão distribuídos aos moradores afetados pelos alagamentos.

Em boletim divulgado pela manhã, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) informou que as bacias dos rios Gravataí e Sinos devem seguir em elevação nos próximos dias. Outro ponto de preocupação é o nível do Jacuí e do Guaíba, que também seguem em elevação – o que determinou a remoção de famílias na região das ilhas. Um novo boletim deve ser divulgado durante a noite deste sábado.

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Mãe da criança pediu medidas protetivas contra o agressor

Serão cinco sorteios, e vários prêmios em dinheiro até o final do ano, além de uma moto 0 Km

Danos podem chegar a entre três bilhões e cinco bilhões de dólares, afirmou o governador Marwan Abbud