Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter leva a virada do Fluminense e perde por 2 a 1 no Beira-Rio

Chegando à quinta partida sem vencer, Colorado cai para a quarta colocação na tabela do Campeonato Brasileiro

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Inter perdeu para o Fluminense, por 2 a 1, de virada, na noite deste domingo, no estádio Beira-Rio. A equipe chegou à quinta partida sem vitória no Brasileirão e, com o resultado, o Colorado caiu para a quarta colocação na 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, com 36 pontos. Os cariocas chegaram aos 35 e estão logo atrás, em quinto.

Maurício, que estreou no Beira-Rio, marcou o gol da equipe de Abel Braga – que hoje foi representado pelo auxiliar Leomir, em razão do diagnóstico de Covid-19. Lucca empatou com um gol olímpico e Caio Paulista marcou o gol da vitória. O Colorado chegou a marcar dois gols, mas a arbitragem anulou por uma mão de Thiago Galhardo e por um impedimento do artilheiro.

O Inter volta aos gramados na quarta-feira, às 21h30min, para enfrentar o Boca Juniors, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. Pelo Brasileirão, o próximo compromisso é contra o Atlético-GO, no estádio Olímpico de Goiânia, no sábado, às 21h.

Maurício estreia no Beira-Rio com gol

Inter e Fluminense fizeram um primeiro tempo com muitas jogadas de intermediária a intermediária, com combate forte no meio de campo e poucas oportunidades de gols. No segundo chute para a meta dos cariocas, Maurício marcou na estreia dele no estádio Beira-Rio.

Aos 16 minutos, o meia tabelou com Thiago Galhardo, invadiu a área e bateu. Muriel fez a defesa, mas deu rebote e, na sequência, ele chutou no ângulo contrário da goleira do Fluminense para abrir o placar.

Após a abertura no placar, o Colorado passou a intercalar uma postura mais defensiva, esperando o adversário no seu campo, com a pressão na saída de bola. Aos 38, Maurício deu um passe de calcanhar para Thiago Galhardo, que não conseguiu alcançar. Danilo Barcelos tentou afastar, mas o atacante pressionou, ficou com a bola e chutou sem chances para Muriel. Porém, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira anulou o gol alegando que a bola bateu na mão de Galhardo.

Nos descontos, Lucca recebeu passe, avançou em velocidade pela esquerda de ataque marcado por Cuesta. O argentino desequilibrou e caiu, batendo no atacante do Fluminense. Zé Gabriel se antecipou e afastou o perigo. Os jogadores do clube carioca reclamaram muito, mas o árbitro mandou seguir.

Gol olímpico inicia virada do Fluminense

O segundo tempo começou muito parecido com o primeiro, com muita disputa no meio de campo e poucas oportunidades de gol. A primeira chance da etapa final foi do Inter, aos 11, Edenilson cobrou escanteio, a defesa afastou e Nonato chutou sobre a meta de Muriel. Um minuto depois, Lucca cobrou escanteio pela esquerda de ataque e a bola foi direto para o fundo das redes de Marcelo Lomba. Gol olímpico. Inter 1 a 1 Fluminense.

Aos 15, Galhardo marcou após lançamento de Maurício, mas a arbitragem anulou por impedimento do artilheiro. No minuto seguinte, Johnny e Marcos Guilherme entraram nas vagas de Rodrigo Dourado e Nonato, respectivamente.

Após o gol de empate, Inter passou a ter maior presença ofensiva e pressionar, mas seguia com tendo dificuldades para superar o bloqueio defensivo do Fluminense. Edenilson cobrou falta próximo a grande área, aos 32, mas a bola passou próximo ao travessão de Muriel. Fez falta. Dois minutos depois, Caio Paulista recebeu lançamento entre dois marcadores dentro da grande área e, na saída de Marcelo Lomba, marcou o gol da virada. D’Alessandro e Yuri Alberto entraram nas vagas de Maurício e Caio Vidal.

O Colorado tentou reagir, mas não teve forças nem para fazer Muriel trabalhar e amargou a segunda derrota seguida em casa.

Campeonato Brasileiro – 22ª rodada

Inter 1
Marcelo Lomba; Rodinei, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado (Johnny), Edenilson, Nonato (Marcos Guilherme) e Maurício (D’Alessandro); Caio Vidal (Yuri Alberto) e Thiago Galhardo. Técnico: Leomir de Souza

Fluminense 2
Muriel; Calegari, Luccas Claro, Digão e Danilo Barcelos; Yuri, Yago Felipe (André) e Nenê (Caio Paulista); Wellington Silva (Felippe Cardoso), Lucca (Luiz Henrique) e Marcos Paulo. Técnico: Odair Hellmann

Gols: Maurício (15min/1ºT) & Lucca (12min/2ºT) e Caio Paulista (35min/2ºT)
Cartões amarelos: Nonato e Uendel (I) & Digão e Yago (F)
Cartões vermelhos:

Arbitragem: Luiz F. de Oliveira (SP)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

No Vale d Taquari a temperatura deve variar entre 8ºC e 17ºC

Equipe de Miguel Ángel Ramírez garantiu manutenção da liderança do grupo B da Libertadores com goleada histórica no Beira-Rio

Agência espacial da China ainda não disse se a parte central do enorme foguete Long March 5B está sob controle ou fará uma descida descontrolada

Três crianças e duas mulheres foram mortas em ataque realizado na manhã da terça-feira, dia 4