Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter leva a virada do Fluminense e perde por 2 a 1 no Beira-Rio

Chegando à quinta partida sem vencer, Colorado cai para a quarta colocação na tabela do Campeonato Brasileiro

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Inter perdeu para o Fluminense, por 2 a 1, de virada, na noite deste domingo, no estádio Beira-Rio. A equipe chegou à quinta partida sem vitória no Brasileirão e, com o resultado, o Colorado caiu para a quarta colocação na 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, com 36 pontos. Os cariocas chegaram aos 35 e estão logo atrás, em quinto.

Maurício, que estreou no Beira-Rio, marcou o gol da equipe de Abel Braga – que hoje foi representado pelo auxiliar Leomir, em razão do diagnóstico de Covid-19. Lucca empatou com um gol olímpico e Caio Paulista marcou o gol da vitória. O Colorado chegou a marcar dois gols, mas a arbitragem anulou por uma mão de Thiago Galhardo e por um impedimento do artilheiro.

O Inter volta aos gramados na quarta-feira, às 21h30min, para enfrentar o Boca Juniors, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. Pelo Brasileirão, o próximo compromisso é contra o Atlético-GO, no estádio Olímpico de Goiânia, no sábado, às 21h.

Maurício estreia no Beira-Rio com gol

Inter e Fluminense fizeram um primeiro tempo com muitas jogadas de intermediária a intermediária, com combate forte no meio de campo e poucas oportunidades de gols. No segundo chute para a meta dos cariocas, Maurício marcou na estreia dele no estádio Beira-Rio.

Aos 16 minutos, o meia tabelou com Thiago Galhardo, invadiu a área e bateu. Muriel fez a defesa, mas deu rebote e, na sequência, ele chutou no ângulo contrário da goleira do Fluminense para abrir o placar.

Após a abertura no placar, o Colorado passou a intercalar uma postura mais defensiva, esperando o adversário no seu campo, com a pressão na saída de bola. Aos 38, Maurício deu um passe de calcanhar para Thiago Galhardo, que não conseguiu alcançar. Danilo Barcelos tentou afastar, mas o atacante pressionou, ficou com a bola e chutou sem chances para Muriel. Porém, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira anulou o gol alegando que a bola bateu na mão de Galhardo.

Nos descontos, Lucca recebeu passe, avançou em velocidade pela esquerda de ataque marcado por Cuesta. O argentino desequilibrou e caiu, batendo no atacante do Fluminense. Zé Gabriel se antecipou e afastou o perigo. Os jogadores do clube carioca reclamaram muito, mas o árbitro mandou seguir.

Gol olímpico inicia virada do Fluminense

O segundo tempo começou muito parecido com o primeiro, com muita disputa no meio de campo e poucas oportunidades de gol. A primeira chance da etapa final foi do Inter, aos 11, Edenilson cobrou escanteio, a defesa afastou e Nonato chutou sobre a meta de Muriel. Um minuto depois, Lucca cobrou escanteio pela esquerda de ataque e a bola foi direto para o fundo das redes de Marcelo Lomba. Gol olímpico. Inter 1 a 1 Fluminense.

Aos 15, Galhardo marcou após lançamento de Maurício, mas a arbitragem anulou por impedimento do artilheiro. No minuto seguinte, Johnny e Marcos Guilherme entraram nas vagas de Rodrigo Dourado e Nonato, respectivamente.

Após o gol de empate, Inter passou a ter maior presença ofensiva e pressionar, mas seguia com tendo dificuldades para superar o bloqueio defensivo do Fluminense. Edenilson cobrou falta próximo a grande área, aos 32, mas a bola passou próximo ao travessão de Muriel. Fez falta. Dois minutos depois, Caio Paulista recebeu lançamento entre dois marcadores dentro da grande área e, na saída de Marcelo Lomba, marcou o gol da virada. D’Alessandro e Yuri Alberto entraram nas vagas de Maurício e Caio Vidal.

O Colorado tentou reagir, mas não teve forças nem para fazer Muriel trabalhar e amargou a segunda derrota seguida em casa.

Campeonato Brasileiro – 22ª rodada

Inter 1
Marcelo Lomba; Rodinei, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado (Johnny), Edenilson, Nonato (Marcos Guilherme) e Maurício (D’Alessandro); Caio Vidal (Yuri Alberto) e Thiago Galhardo. Técnico: Leomir de Souza

Fluminense 2
Muriel; Calegari, Luccas Claro, Digão e Danilo Barcelos; Yuri, Yago Felipe (André) e Nenê (Caio Paulista); Wellington Silva (Felippe Cardoso), Lucca (Luiz Henrique) e Marcos Paulo. Técnico: Odair Hellmann

Gols: Maurício (15min/1ºT) & Lucca (12min/2ºT) e Caio Paulista (35min/2ºT)
Cartões amarelos: Nonato e Uendel (I) & Digão e Yago (F)
Cartões vermelhos:

Arbitragem: Luiz F. de Oliveira (SP)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

O espaço da sala de recuperação do bloco cirúrgico passa a funcionar como uma UTI Intermediária Covid 19

Ele assina contrato até dezembro de 2022

Lote deve chegar ao Aeroporto Salgado Filho no período da manhã

Hospital São José apresenta lotação dos 10 leitos disponíveis para UTI Covid