Giro do Vale / Destaque / Lajeado / Polícia / Teutônia

Operação contra pedofilia resulta em duas pessoas presas no Vale do Taquari

Um indivíduo foi preso em Lajeado e o outro em Teutônia durante o cumprimento de mandados na manhã desta seta-feira, dia 18

Foto: Divulgação / Polícia Civil

A Polícia Civil realizou na manhã desta sexta-feira, dia 18, mais uma etapa da Operação Infância Protegida, que combate o armazenamento, a produção e o compartilhamento de pornografia infanto-juvenil na Internet. Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão, incluindo incursões em duas cidades do Vale do Taquari: Lajeado e Teutônia, onde dois indivíduos foram presos.

Ação também se estendeu com o cumprimento de mandados em Porto Alegre, Tapera, Pedro Osório e Guaporé.

No Bairro Languiru, em Teutônia, ocorreu a prisão de um homem de 56 anos, por armazenamento de pornografia infantil. O indivíduo foi conduzido até a Delegacia de Polícia da cidade para o Auto de Prisão em Flagrante. Foi estipulada fiança de um salário mínimo, e caso não ocorra o pagamento, ele será conduzido ao sistema prisional.

Em Lajeado os mandados de busca teriam sido cumpridos em uma residência do Bairro Hidráulica, onde foi localizado vasto material de pornografia infantil, e o morador do local acabou sendo preso.

Comentários

  1. Roberto disse:

    O governo pode punir quem não quer se vacinar, mais ai ter que esperar para se vacinar, enquanto um presidiário vai ser vacinaxo antes de mim, então q libere a vacina para todos ao mesmo tempo.

Publicidade

Últimas Notícias

Armados, os criminosos levaram cerca de R$ 300 do local

Acidente ocorreu sobre a ponte do Arroio Estrela, nas proximidades das Rações Languiru

Reajuste no valor dos benefícios é menor que o do salário mínimo, que aumentou 10,18% em 2022

Segundo relatório da IFI, a despesa prevista com o Auxílio Brasil é praticamente igual ao gasto dos programas sociais de 2021