Giro do Vale / Destaque / Política

Projeto no Senado propõe prorrogação do auxílio emergencial até março de 2021

Projeto depende de aprovação pelas maiorias das duas Casas legislativas: Senado e Câmara dos Deputados.

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Um projeto de lei apresentado nesta segunda-feira, dia 14, no Senado quer prorrogar o pagamento do auxílio emergencial feito pelo governo federal até março de 2021, no mesmo valor praticado atualmente, de R$ 300. 

A iniciativa é do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e depende de aprovação pelas maiorias das duas Casas legislativas – Senado e Câmara dos Deputados.

O texto da proposta mantém o pagamento de R$ 300 a todos os beneficiários atuais do auxílio emergencial. A extensão do programa criado no início da pandemia ocorre hoje por força de medida provisória (MP 1000/2020) e prevê o encerramento dos repasses neste mês de dezembro.

O Congresso não apreciou a MP editada em setembro pelo governo – uma medida provisória perde validade se não for convertida em lei no prazo de 120 dias. A extensão do benefício de R$ 300, chamada de “auxílio emergencial residual”, tem custo total estimado pelo governo de R$ 67,6 bilhões.

“O fato é que, por conta da inércia do governo federal, simplesmente não teremos um programa nacional de vacinação em execução antes de março. É preciso fazer essa ponte para manter o mínimo de estabilidade social até lá”, disse Vieira, que foi relator no Senado da lei que instituiu o auxílio emergencial no início da pandemia. 

“A agenda social precisa ser revista, para abranger as milhões de famílias vulneráveis à pobreza que a pandemia evidenciou”, afirmou.

CNN

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Prisão ocorreu instantes depois de terem feito uma idosa de 80 anos de vítima

Ambos possuem extensa ficha criminal por furtos em veículos

Colorado entra em campo às 19h15min, no estádio Hernando Siles