Giro do Vale / Destaque / Saúde

Rio Grande do Sul encerra 2020 com 15 regiões em bandeiras vermelha no mapa definitivo

Gabinete de Crise rejeitou os recursos enviados por Passo Fundo e Cachoeirinha

Foto: Divulgação

O Rio Grande do Sul encerrará o ano de 2020 com 15 regiões em bandeira vermelha e seis em laranja no mapa definitivo da 34ª rodada do Distanciamento Controlado, divulgado na tarde desta segunda-feira. O Gabinete de Crise rejeitou os recursos enviados por Passo Fundo e pelo município de Cachoeirinha, que solicitaram a permanência em bandeira laranja (risco epidemiológico médio). 

De acordo com o governo estadual, Passo Fundo teve o pedido indeferido porque a região tem elevadas taxas de ocupação hospitalar, e elevado quantitativo de registro de hospitalizações por Covid-19. Além disso, tanto a região como a macrorregião registram aumento de pacientes internados em UTI para Covid-19 e redução do número de leitos livres de UTI. Já o município de Cachoeirinha, que fez o pedido individual, não atendeu aos requisitos de zero hospitalizações e zero óbitos por Covid-19, nos 14 dias anteriores à apuração.

As regiões em bandeira vermelha nesta rodada são: Porto Alegre, Cachoeira do Sul, Canoas, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Erechim, Ijuí, Lajeado, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, Santo Ângelo e Uruguaiana

Bagé, Cruz Alta, Guaíba, Novo Hamburgo, Pelotas e Taquara apresentaram risco epidemiológico médio e, portanto, receberam bandeira laranja nesta última semana de 2020.

Regra 0-0

Nesta 34ª rodada, 414 municípios (do total de 497) estão classificados em bandeira vermelha. Desses, 163 podem adotar protocolos de bandeira laranja porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não tiveram registro de óbito ou hospitalização de moradores nos 14 dias anteriores à aprovação, desde que a prefeitura crie um regulamento local.

Dos 83 municípios que se encontram em regiões de bandeira laranja, seis cidades não registraram óbito ou hospitalização nos últimos 14 dias.

Cogestão 

O sistema de cogestão voltou a valer no dia 15 de dezembro. Das 21 regiões Covid, 19 podem adotar protocolos próprios, elaborados pelas respectivas associações regionais. Apenas as regiões de Guaíba e Uruguaiana não aderiram à gestão compartilhada.

O levantamento completo da 34ª rodada está disponível neste link

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Da tarde para a noite, pancadas de chuvas isoladas poderão atingir a maioria das regiões

Acidente ocorreu no início da madrugada deste sábado, dia 22, na altura do Km 271 da rodovia

Anvisa autorizou ontem uso de imunizante para a faixa etária