Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter encara o Flamengo, e pode ser campeão brasileiro em caso de vitória sobre os cariocas

Em caso de vitória do Flamengo ou empate,, o campeão será conhecido somente na próxima quinta-feira

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Inter viveu grandes glórias nas últimas duas décadas. Conquistou a América e o mundo, foi campeão de tudo, tornou-se de fato internacional. Porém, toda uma geração de coloradas e colorados poderá ver, pela primeira vez, o seu time conquistar o título brasileiro neste domingo. Para isso, será preciso que a equipe montada por Abel Braga, após uma temporada cheia de obstáculos, vença o Flamengo em pleno Maracanã, encerrando uma lacuna aberta em 1979, quando Falcão, Valdomiro, Mauro Galvão e Mário Sérgio e companhia foram campeões invictos do Campeonato Brasileiro.

A partida no Maracanã não é exatamente uma final, mas é como se fosse. Com um ponto de vantagem sobre o Flamengo, que é o vice, os colorados tornam-se inalcançáveis em caso de vitória. O empate leva a decisão para a derradeira rodada, ainda com o Inter na liderança. Um triunfo do Flamengo, por outro lado, reverte a vantagem para o Rio de Janeiro, mas ainda assim o campeonato só será definido na próxima quinta-feira – o Inter pega o Corinthians em casa e o Flamengo vai ao Morumbi enfrentar o São Paulo. Isso dentro de campo, porque fora a partida ganhou um novo componente na noite desta sexta-feira, quando o STJD liberou a decisão inicial sobre o pedido do Vasco de anulação da partida de domingo passado, quando o VAR não pode auxiliar na decisão sobre o primeiro gol do Inter por estar descalibrado.

O presidente da entidade, Otávio Noronha, determinou a intimação da CBF para juntar áudios e vídeos da arbitragem de vídeo da partida, além de abrir vista para os dois clubes. Após receber as provas e manifestações é que haverá uma resposta sobre o pedido do Vasco. No entanto, enquanto o processo estiver sob análise, mesmo que o Inter vença o Flamengo no domingo, portanto, não poderá ser declarado campeão.

“Um empate não termina o campeonato. É óbvio que temos ciência de que, em caso de vitória nossa, conquistamos o título. Mas o empate nos mantém na frente e na dependência de nós mesmos na última rodada. O empate está a nosso favor, mas não vamos jogar para empatar. Temos que dar o nosso melhor para, mesmo jogando fora de casa, buscar a vitória. Queremos muito esse título”, observa Patrick.

O meia volta ao time após cumprir suspensão na vitória sobre o Vasco, que é o principal reforço do time. O desfalque único, mas intensamente sentido, é o de Victor Cuesta, que levou o terceiro cartão amarelo em São Januário. Abel Braga não deu qualquer indício do substituto, mas tudo indica que ele deve optar por Zé Gabriel. O jogador, que era titular durante a passagem de Eduardo Coudet, perdeu espaço, mas é mais experiente que Pedro Henrique, 20 anos, que esteve em apenas um jogo no Brasileirão. “A gente confia no grupo. Todo mundo que está aqui é porque tem qualidade. Quem entrar, vai dar conta do recado”, enfatizou Lucas Ribeiro, que também ganhou espaço na zaga após a lesão de Rodrigo Moledo.

Brasileirão 2020 – 37ª Rodada 

Flamengo
Hugo; Isla, Rodrigo Caio, Willian Arão (G. Henrique) e Filipe Luís; Gerson, Diego, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Rogério Ceni. 

Inter
Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Zé Gabriel e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick, Praxedes e Caio Vidal; Yuri Alberto. Técnico: Abel Braga. 

Horário: 16h 
Local: Maracanã 
Arbitragem: Raphael Claus.

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Prisão ocorreu instantes depois de terem feito uma idosa de 80 anos de vítima

Ambos possuem extensa ficha criminal por furtos em veículos

Colorado entra em campo às 19h15min, no estádio Hernando Siles