Giro do Vale / Destaque / Educação

Novo decreto do Governo do RS retira limite de ocupação para aulas presenciais

Será exigido distanciamento de 1,5 metros entre as cadeiras dentro da sala

Salas de aula estavam vazias nesta manhã em duas escolas da rede estadual de ensino. (Foto: Juliano Beppler da Silva / Giro do Vale)

O governo do Rio Grande do Sul publicou, na segunda-feira, dia 15, um novo decreto que retira o limite de 50% de ocupação nas salas de aula para a realização de atividades presenciais em creches, escolas e universidades. Agora, as instituições de ensno podem operar sem restrição quanto ao número de ocupantes. A decisão vale para todas as regiões, independente da classificação no mapa de Distanciamento Controlado. 

A única exigência para a realização das aulas presenciais é o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as cadeiras dentro das salas. Na rede estadual, o retorno para as aulas está previsto para iniciar a partir de 8 de março, em modelo híbrido com atividades presenciais e remota.

O decreto foi publicado no mesmo dia em que o Rio Grande do Sul manteve 16 regiões com risco alto para a Covid-19 no mapa do Distanciamento Controlado. Entre as justificativas, o gabinete de crise do Estado alertou para o reforço nos protocolos de prevenção à Covid-19 em meio ao Carnaval, em face ao rápido aumento na ocupação de leitos clínicos nesta semana, de 902 para 1.112. Esta demanda poderá vir a sobrecarregar os leitos de UTI nos próximos dias.

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Nas próximas semanas, devem ser abertos, no mínimo, mais 40 leitos de UTI Covid no Estado

Governador havia antecipado que alta ocupação de leitos acionaria salvaguarda responsável por nível mais alto de restrição

Esse é o terceiro caso desse tipo registrado no Estado de São Paulo em menos de um mês

Indivíduo furtou dinheiro do caixa pela manhã e à tarde voltou para tentar novo furto