Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter vence o Caxias pelo Gauchão

Edenilson e Thiago Galhardo saem do banco para garantir triunfo por 2 a 0 no Beira-Rio na noite desta quarta-feira

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter teve suas dificuldades diante do Caxias na noite desta quarta-feira, dia 24. Precisou contar com as alterações de Miguel Ángel Ramirez para, na etapa final, para vencer a equipe da Serra pelo placar de 2 a 0, no Beira-Rio. Com isso, assumiu a ponta e dorme na liderança do Campeonato Gaúcho.

Os gols da partida foram marcados no segundo tempo. Edenilson saiu do banco para marcar um lindo gol. Thiago Galhardo deu números finais ao confronto. 

Agora com 13 pontos, o Colorado espera a partida do Grêmio nesta quinta-feira, diante do Juventude, para saber se permanece na frente. O Colorado volta a campo para enfrentar o Brasil de Pelotas, no sábado, às 20h. A partida, válida pela 7ª rodada, acontece no Bento Freitas.

Inter não consegue marcar no primeiro tempo

O centroavante Paolo Guerrero começou pela primeira vez como titular. O sistema defensivo foi formado por Zé Gabriel e Lucas Ribeiro, com Leo Borges na esquerda. No meio, Dourado, Nonato e Praxedes deram suporte a Patrick e Caio Vidal.

Os titulares do Inter, que venceram as duas primeiras partidas, começaram mais uma vez em ritmo intenso. Com 11 minutos, haviam finalizado três vezes, com a última virando chance clara de gol. Guerrero cobrou falta no travessão, assustando Marcelo Pitol.

O Inter seguiu melhor no jogo, com 80% de posse de bola na primeira metade da etapa inicial. Aos 25 minutos, nova chance. Guerrero recebeu bola na entrada da área, fez a parede e escorou para quem vinha de trás. Heitor atacou o espaço e bateu forte, de primeira, obrigando Marcelo Pitol a saltar e espalmar para escanteio.

Depois da pressão inicial, o Caxias equilibrou as ações, e o Inter passou a encontrar dificuldades de finalizar com espaço. Antes do intervalo, ainda houve tempo para uma rápida confusão: o meia Patrick e o lateral do Caxias, Eduardo Diniz, se desentenderam e trocaram empurrões. O árbitro controlou o desentendimento com cartões amarelos e, assim, o jogo foi ao intervalo com 22 em campo e 0 a 0 no placar. 

Jogadores saem do banco e decidem

O Inter voltou com uma postura parecida com a do fim do primeiro tempo. Rodou bastante a bola mas, assim como nos minutos finais, não conseguiu agredir ou finalizar. Para tentar mudar o cenário, logo aos 10 minutos, Miguel Angel Ramírez fez duas trocas: sacou Guerrero, que quase não recebeu bolas, e Patrick que, diferente da maioria das partidas, esteve apagado diante do Caxias. Entraram Galhardo e Maurício. 

Ainda assim, o Inter chegava pouco. Foram a campo mais dois jogadores que encerraram a temporada de 2020 como titulares: o meia Edenilson e o atacante artilheiro da era Abel Braga, Yuri Alberto.

E foi só com essas alterações que o Inter começou a construir sua vitória. Mais precisamente com Maurício, que entrou muito bem na partida, iniciando jogada pelo lado esquerdo, aos 23 minutos. Ele centrou bola para Edenilson, que dominou na perna direita, já ajeitando para a canhota. Bateu colocado, com muito estilo, no ângulo, sem chances para Pitol.  

Com a vantagem no placar, coube ao Inter administrar. O Caxias até tentou levar perigo no fim com cruzamentos para a área buscando a jogada pelo alto com o centroavante Giovane Gomez. No entanto, a defesa colorada prevaleceu e, no fim, em contra-ataque rápido, a equipe de Miguel Ramírez chegou ao 2 a 0. Após boa combinação entre Yuri Alberto e Maurício pelo lado esquerdo, Galhardo recebeu a bola dentro da área e colocou de chapa para vencer Marcelo Pitol e dar números finais ao jogo. 

Campeonato Gaúcho – 6ª rodada

Inter 2

Marcelo Lomba; Heitor (Rodinei), Zé Gabriel, Lucas Ribeiro e Leo Borges; Rodrigo Dourado, Praxedes (Yuri Alberto), Nonato (Edenilson), Caio Vidal e Patrick (Mauricio); Guerrero (Thiago Galhardo). Técnico: Miguel Ángel Ramírez

Caxias 0

Marcelo Pitol; Eduardo Diniz (Tontini), Guilherme Mattis, Thiago Sales e Bruno Ré; Juliano, Marlon, John Cley (Gustavo Ramos) e Diogo Oliveira (Matheuzinho); Mazola (Mila) e Giovane Gomez. Técnico: Rafael Lacerda

Gols: Edenilson (23/2T) e Thiago Galhardo (47/2T)

Cartões amarelos: Patrick, Heitor, Praxedes e Yuri Alberto (Inter); Eduardo Diniz, Mazola e Matheuzinho (Caxias)

Cartões vermelhos: Guilherme Mattis (Caxias)

Arbitragem: Douglas da Silva

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data e hora: 24/03, às 22h

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

A mulher de 47 anos, estava internada em Vacaria, e faleceu na terça-feira, dia 20

Colisão aconteceu no entroncamento com a RSC-453

Moradora sofreu queimaduras e foi atendida pelo Samu

Os cinco animais apresentavam sinais de desnutrição e estavam em péssima situação de higiene

error: Content is protected !!