Giro do Vale / Lajeado / Política

Lajeado solicita que Estado flexibilize funcionamento de comércio e prestadores de serviços

Documento pede a liberação de atendimento com restrições para serviços do comércio, atacadista, varejista, higiene pessoal, academias, entre outros

Foto: Grupo Independente / Divulgação

A classificação e todo o Estado em bandeira preta está impossibilitando que vários profissionais possam exercer suas atividades. Em função disso estão ocorrendo várias manifestações por todo o Estado, a fim de fazer com que o Governo Estadual flexibilize as regras, e permita com que os profissionais possam voltar a trabalhar. A prefeitura de Lajeado enviou um documento ao Executivo Estadual pedindo essa flexibilização de funcionamento para o funcionamento de locais como comércios de veículos, atacadista e varejista, para que possam operar no sistema pegue e leve e drive-thru.

O mesmo documento também pede mudanças para possibilitar a atuação nos serviços de higiene pessoal, que são cabeleireiros, barbeiros e estéticas; higiene e alojamento de animais domésticos (petshop); imobiliárias e similares; serviços de auditoria, consultoria, engenharia, arquitetura, publicidade e outros serviços de educação física (academias, centros de treinamento, estúdios e similares). Nesse caso a solicitação é para que possam atender com número de restrito de pessoas, de forma individualizada e com hora marcada. Também prevê ocupação máxima de uma pessoa a cada 10m² de área útil, limitada ao máximo de seis pessoas (profissionais e clientes) ao mesmo tempo quando área útil exceder os 60m².

Na nota a prefeitura destaca que esses setores são responsáveis por grande parte dos empregos, e o funcionamento dessas atividades se torna fundamental para manutenção do capital de giro necessário para o cumprimento das obrigações com funcionários, fornecedores e com o fisco, sobrevivência das empresas e manutenção dos empregos.

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

A mulher de 47 anos, estava internada em Vacaria, e faleceu na terça-feira, dia 20

Colisão aconteceu no entroncamento com a RSC-453

Moradora sofreu queimaduras e foi atendida pelo Samu

Os cinco animais apresentavam sinais de desnutrição e estavam em péssima situação de higiene

error: Content is protected !!