Giro do Vale / Destaque / Política

Ministro da Defesa anuncia demissão

Ainda não foram informadas as razões que levaram Fernando Azevedo e Silva a deixar o cargo

Foto: Divulgação

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, comunicou nesta segunda-feira, dia 29, que deixará o cargo no governo do presidente Jair Bolsonaro. Ainda não há informações sobre as razões que levaram o ministro a deixar o cargo.

Houve uma reunião no início da tarde entre Azevedo e Silva e Bolsonaro no Palácio do Planalto. No encontro, o presidente pediu ao general que deixasse o ministério. A queda do militar ocorre no mesmo dia em que o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, pediu demissão.

A demissão de Azevedo e Silva surpreendeu os militares, já que esse movimento não estava no radar. Em nota oficial, ressaltou que, no período de dois anos em que esteve no cargo, preservou as “Forças Armadas como instituição de Estado”. 

General de Exército da reserva desde 2018, Azevedo e Silva foi assessor do ministro do Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli, na época presidente da Corte, antes de assumir o ministério. 

Entre os postos que ocupou na carreira militar estão o de comandante militar do Leste e chefe do Estado-Maior do Exército. Ainda chefiou a Autoridade Pública Olímpica durante a gestão da presidente Dilma Rousseff. No Exterior, foi chefe de Operações na Missão de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU), no Haiti.

Veja a íntegra do comunicado:

“Agradeço ao Presidente da República, a quem dediquei total lealdade ao longo desses mais de dois anos, a oportunidade de ter servido ao País, como Ministro de Estado da Defesa.

Nesse período, preservei as Forças Armadas como instituições de Estado.

O meu reconhecimento e gratidão aos Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, e suas respectivas forças, que nunca mediram esforços para atender às necessidades e emergências da população brasileira.

Saio na certeza da missão cumprida.”

GaúchaZH

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Eventos estavam ocorrendo em desacordo com a legislação vigente no enfrentamento ao Covid-19

Não houve ninguém ferido, e o trânsito não chegou a ficar prejudicado no local

Saída de pista foi registrada na manhã deste sábado, dia 15, no Km 366 da rodovia

Corridas terão transmissão ao vivo pelo canal Turismo Nacional no Youtube