Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Destaque / Lajeado / Polícia

Homem é preso após abusar e querer ter vida de casal com a própria neta

Avô incentivava a menina a deixar a casa do pai, em Bom Retiro do Sul, para ir morar com ele

Foto: Divulgação / Ilustração

Um homem de 59 anos foi preso preventivamente na tarde desta quinta-feira, dia 15, acusado da prática de estupro de vulnerável contra a própria neta de 12 anos.

Segundo a Polícia Civil, a vítima relatou que os abusos iniciaram com o avô se masturbando em sua frente, e passado um tempo ele passou a consumar atos sexuais com a menina. Ainda segundo a menina, ele usava lenços umedecidos para limpar ela após as relações, para não deixar vestígios.

Ainda em depoimento à polícia, a menina disse que o avô teria expulsado sua avó de casa, alegando que queria ter uma vida de casal com a neta, pela qual ele estaria apaixonado. A vítima morava com os avós paternos e os estupros ocorriam quando a avó saía para trabalhar.

Quando os familiares ficaram sabendo dos abusos, foram encontrados preservativos, lubrificantes e lenços umedecidos na casa. O material era usado pelo abusador.

Mesmo com o andamento das investigações, o preso persistia em manter contato com a menor pelo WhatsApp. Ele teria, inclusive, se dirigido até Bom Retiro do Sul durante a madrugada, local em que deixou dinheiro e um chip de telefonia celular para possibilitar a fuga da menina da casa do pai. Para convencer a vítima, o homem alegou que ela seria levada para a residência da avó e não para a sua casa. 

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Armados, os criminosos levaram cerca de R$ 300 do local

Acidente ocorreu sobre a ponte do Arroio Estrela, nas proximidades das Rações Languiru

Reajuste no valor dos benefícios é menor que o do salário mínimo, que aumentou 10,18% em 2022

Segundo relatório da IFI, a despesa prevista com o Auxílio Brasil é praticamente igual ao gasto dos programas sociais de 2021