Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter goleia o Deportivo Táchira pela Libertadores, no Beira-Rio

Colorado precisou de 45 minutos para construir triunfo por 4 a 0 sobre os venezuelanos

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Apenas 45 minutos. Foi o que o Inter precisou para construir sua primeira vitória na Libertadores de 2021. No Beira-Rio, a equipe de Miguel Ángel Ramírez venceu o Deportivo Táchira pelo placar de 4 a 0, em jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos. Com o resultado, o Inter salta temporariamente para a primeira posição do grupo B na Libertadores, já que Olimpia x Always Ready se enfrentam apenas nesta quarta-feira.

No primeiro tempo, Cuesta, Patrick e Thiago Galhardo anotaram para o Inter. Na etapa final, Yuri Alberto definiu o placar.

No domingo, o Colorado abre a semifinal do Gauchão contra o Juventude, na Montanha dos Vinhedos, às 16h. Pela Libertadores, volta a campo na próxima quarta-feira, 5 de maio, quando enfrenta o Olimpia, no Beira-Rio, às 21h. 

Inter constrói vitória já no primeiro tempo

Após ser contestado pela ausência do meia Patrick na formação inicial na altitude na derrota para o Always Ready, dessa vez Miguel Angel Ramírez optou por começar com o jogador ao lado de Palacios, que iniciou na esquerda na semana passada. O ídolo Taison, sob o qual havia a expectativa da estreia, começou a partida no banco de reservas.

Agora com Patrick pela esquerda, foi pelo setor que o Inter forçou o jogo. Acionou o meia em três oportunidades em sete minutos, e ele foi responsável pela criação das principais jogadas em um momento de pressão inicial. 

A pressão do Inter deu resultado aos 18 minutos do primeiro tempo. Maurício chutou de fora da área, e o goleiro mandou para escanteio. Na cobrança, Rodinei, que já havia dado duas assistências no fim de semana, cruzou na medida para Cuesta vencer a zaga e fazer 1 a 0 para o Inter. 

O colorado seguiu em cima do Táchira. No lance seguinte à saída da bola, conseguiu novo escanteio, e Cuesta quase marcou de novo de cabeça. Dois minutos depois, Galhardo arrancou pela esquerda, soltou para Maurício, que carimbou a zaga. Ela voltou para Patrick, um dos destaques no primeiro tempo, mandar de primeira às redes e fazer 2 a 0.

Com a vantagem no marcador, o Inter diminuiu o ritmo, mas seguiu controlando a partida. Além dos dois gols, ficou muito mais com a bola e correu poucos riscos. Antes do intervalo, houve tempo para mais um. Cuesta lançou Thiago Galhardo, que não desperdiçou: marcou 3 a 0 e encaminhando a vitória já no intervalo. 

Segundo tempo confirma goleada

O Inter não diminuiu o ritmo, e seguiu pressionando o Táchira, agora para construir sua goleada. E quase ampliou logo aos cinco minutos do segundo tempo. Em jogada que re repetiu na etapa final, Edenilson alçou bola buscando o ponta, que apareceu centralizado e finalizou no rosto do goleiro, que meio sem querer evitou o quatro do Inter. 

E se deixou de definir de vez o confronto, acabou no prejuízo no lance seguinte. Palacios, que mais uma vez não fez bom jogo, fez falta na entrada da área. Por ela, recebeu o segundo amarelo e deixou o Inter com um jogador a menos na partida. Na tentativa de voltar à reter a bola no campo de ataque, corrigiu o setor com Yuri Alberto e Marcos Guilherme, nos lugares de Patrick e Thiago Galhardo. 

Com um a menos, o Inter diminuiu a presença ofensiva e administrou o relógio. Ramírez promoveu mais duas trocas: saíram Edenilson e Rodinei, para as entradas de Nonato e Heitor, restando assim apenas uma substituíção. E foi do banco que saiu o quarto gol: Maurício acionou Yuri Alberto, que fechou o placar no Beira-Rio, para coroar uma noite de goleada, que vale a liderança provisória do grupo B da Libertadores. 

Copa Libertadores – 2ª rodada da fase de grupos

Inter 4

Lomba; Rodinei, Zé Gabriel, Cuesta e Moisés; Dourado, Edenilson, Mauricio, Palacios e Patrick; Thiago Galhardo. Técnico: Miguel Angel Ramírez

Deportivo Táchira 0 

Varela; Camacho, Vivas, Trejo e Granados; Cova, Gondola, Flores e Hernández; Pérez e Gómez. Técnico: Juan Tolisano

Gols: Cuesta (19/1T), Patrick (25/2T), Thiago Galhardo (43/1T) Yuri Alberto (29/2T)

Cartões amarelos: Galhardo, Patrick, Palacios (Inter); Camacho (Táchira)

Cartões vermelhos: Carlos Palacios (Inter)

Arbitragem: Andres Matonte (URU)

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data e hora: 27/04, às 21h30min

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Eventos estavam ocorrendo em desacordo com a legislação vigente no enfrentamento ao Covid-19

Não houve ninguém ferido, e o trânsito não chegou a ficar prejudicado no local

Saída de pista foi registrada na manhã deste sábado, dia 15, no Km 366 da rodovia

Corridas terão transmissão ao vivo pelo canal Turismo Nacional no Youtube