Giro do Vale / Saúde

RS segue em bandeira preta pela 9ª semana consecutiva

Dados do governo estadual apontaram uma melhora na média estadual de internações e óbitos por Covid-19

Foto: Divulgação

O Rio Grande do Sul segue, pela nona semana consecutiva, com a bandeira preta em todas as regiões, conforme aponta o mapa da 51ª rodada do Distanciamento Controlado, divulgado nesta sexta-feira. Segundo os dados do Gabinete de Crise, houve melhora, na média estadual, no número de internados por Covid-19 em leitos clínicos (-12%) e em UTIs (-10%). O número de registros de óbitos reduziu 24% em relação à semana passada.

De acordo com o governo estadual, com uma média de ocupação de leitos de UTI de 85,5%, o Estado tem 2.010 pacientes suspeitos e confirmados com Covid-19 em unidades de terapia intensiva. Em 9 de fevereiro, havia 961 internados. O número atual ainda é mais que o dobro do que foi registrado no atual pico da pandemia. 

O mapa divulgado é definitivo, com vigência até o dia 3 de maio, sem possibilidade de envio de pedidos de reconsideração, devido à gravidade do cenário. Também segue suspensa a Regra 0-0, a partir da qual municípios sem registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias poderiam adotar protocolos de bandeira imediatamente inferior.

No entanto, o governo estadual determinou que, mesmo com a classificação no nível mais alto de contaminação do coronavírus no Estado, as regiões que estão em cogestão, poderão adotar protocolos da bandeira vermelha.

Nesta sexta-feira, a Secretaria Estadual de Saúde (SES), registrou 223 óbitos por Covid-19, e 6.940 novos infectados pelo coronavírus. Ao todo, 23.975 pessoas já morreram por causa da doença e o Estado soma o total de 942.712 casos confirmados desde o início da pandemia. 

Educação 

Atualmente, todas as 21 regiões aderiram à gestão compartilhada e podem utilizar protocolos próprios até o limite de restrições da bandeira vermelha – não podendo ser mais flexíveis que isso. Com o novo decreto estadual, a cogestão vale também para a Educação, o que antes não era permitido. Portanto, já podem ser retomadas as atividades presenciais de ensino nas regiões classificadas em bandeira preta quando os protocolos municipais permitirem aplicação das regras da bandeira vermelha para as demais atividades.

O mesmo decreto contempla as novas regras anunciadas na quinta-feira para restaurantes, cujo horário de atendimento ao público foi ampliado até as 22h (com saída até 23h) nos fins de semana e feriados, e os novos protocolos para parques, museus, condomínios e competições oficiais na bandeira vermelha.

O levantamento completo da 51ª semana do Distanciamento Controlado está disponível neste link. 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Corpo que estava em avançado estado de decomposição, foi encontrado por um pescador.

Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou relatos de falta do imunizante em prefeituras gaúchas

No Vale do Taquari, a mínima será de 13°C e a máxima chega aos 32°C

Sexta oportunidade de deixar o Z4 foi desperdiçada com derrota por 2 a 0, em jogo com pênalti e expulsão do zagueiro Paulo Miranda