Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio vence o Lanús e encaminha avanço na Sul-Americana

Triunfo por 3 a 1 na Arena mantém 100% na competição e deixa equipe a um empate em dois jogos de assegurar matematicamente a classificação

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

O Grêmio fez o dever de casa na noite desta quinta-feira, na Arena, pela Sul-Americana. Voltou a vencer o Lanús, agora pelo placar de 3 a 1, com uma atuação segura, sem correr riscos. Com o resultado, o Tricolor mantém os 100%, vai a 12 pontos e está praticamente classificado: precisa apenas de um empate em dois jogos para garantir matematicamente vaga nas oitavas da competição.

No primeiro tempo, Matheus Henrique abriu o placar, e logo depois Burdisso empatou para os visitantes. No entanto, Ferreira, de cabeça, após bom cruzamento de Rafinha, colocou o Grêmio novamente em vantagem. De novo com Ferreira, o Tricolor definiu o placar na etapa final.

Agora, o Tricolor concentra suas forças na final do Gauchão. O primeiro clássico Gre-Nal da decisão acontece no domingo, às 16h, no Beira-Rio. Pela competição continental, volta a campo para enfrentar o Aragua, na quinta-feira, às 21h30min, no Estádio Olímpico, na Venezuela. 

Grêmio leva susto, mas sai em vantagem

Possivelmente visando o clássico Gre-Nal, no fim de semana, Tiago Nunes optou por fazer algumas trocas e preservações. Ao lado de Thiago Santos, na volância, o escolhido para voltar ao time foi Lucas Silva, deixando Darlan no banco. Com Matheus Henrique no setor, quem esteve mais à frente do trio foram Luiz Fernando e Ferreira. No comando de ataque, Diego Souza cedeu lugar para Churín, poupado. 

O Grêmio abriu o placar muito cedo, logo na primeira vez que chegou ao campo de ataque. Aos dois minutos, após tabela entre Lucas Silva e Diogo Barbosa, a bola chegou na esquerda para Ferreira. Ele cruzou para a área, onde Matheus Henrique apareceu como elemento surpresa para cabecear e fazer 1 a 0 para o Tricolor na Arena.

Não demorou muito para o Lanús chegar ao empate. Isso porque os argentinos sequer sentiram o gol, e optaram por pressionar a saída de bola. Foi assim que geraram um escanteio e, na fragilidade do Grêmio no início da temporada, anotaram o gol. Burdisso subiu mais que a zaga e testou para empatar o confronto em 1 a 1. 

Mas Ferreira era o jogador mais inspirado e, também, o mais acionado. O Grêmio insistia especialmente com ele pela esquerda, mas foi centralizado que ele apareceu para construir a jogada do segundo gol, já um dos destaques da partida. Ele abriu bola para Rafinha na direita e correu para dentro da área. O lateral cruzou com precisão, na cabeça do atacante, que testou firme, pegando impulso, colocando novamente o Tricolor em vantagem. 

Praticamente no último lance, antes do intervalo, prejuízo para os gremistas. Depois de uma arrancada pela esquerda, o volante Thiago Santos, que novamente auxiliou bem o setor de marcação, sentiu o posterior da coxa. Para o lugar dele, o comandante não esperou nem o segundo tempo para colocar Maicon em campo, que entrou apenas para ouvir o apito para o intervalo. 

Ferreira define os números da partida

Na segunda etapa, precisando de um resultado diferente para sonhar com a classificação, o Lanús tentou voltar com a postura agressiva do início do segundo tempo. Manteve a pressão na saída de bola e criou mais perigo ao gol de Brenno. Ainda assim, a marcação alta já não conseguia manter a mesma intensidade, provavelmente também por conta do cansaço. 

Na tentativa de recuperar o meio campo, que perdeu em ritmo também com a entrada de Maicon, que cadenciou mais o jogo, o técnico Tiago Nunes colocou em campo Darlan, que vinha sendo titular nos últimos jogos. À frente, sacou Churín, que mais uma vez não conseguiu aproveitar a chance recebida, para a entrada de Diego Souza. 

E o centroavante que entrou na segunda etapa teve participação na jogada que coroou a grande atuação de outro jogador importante do Tricolor nesta noite: Ferreira. Mas a jogada começou com Rafinha: ele enfiou a bola para Diego Souza, que apenas rolou para Ferreira, livre, empurrar para as redes. O segundo gol dele na partida foi o encerramento de mais uma grande noite do Tricolor na Sul-Americana, praticamente classificado às oitavas de final com seus 100% de aproveitamento. 

Copa Sul-Americana – 4ª rodada

Grêmio 3

Brenno; Rafinha, Geromel, Ruan e Diogo Barbosa; Lucas Silva, Thiago Santos (Maicon), Matheus Henrique (Darlan), Luiz Fernando (Gui Azevedo) e Ferreira; Churín (Diego Souza). 

Lanús 1

Morales; Aguirre, Alexis Pérez, Burdisso e Audi; Bernabei, De la Vega e Cechi; Lautaro Acosta, Orsini e Sand. Técnico: Luis Zubeldia

Gols: Matheus Henrique (2/1T), Burdisso (5/1T) , Ferreira (22/1T) (33/2T) 

Cartões amarelos: Rafinha, Tiago Nunes (Grêmio); Burdisso (Lanús)  

Arbitragem: Daniel Fedorczuk (URU)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data e hora: 13/05, às 19h15min

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Também foram localizados dois carregadores e cem munições

Colisão entre carro e moto ocorreu na altura do Bairro Imigrantes, próximo a Withe Martins

Governo de SP anunciou antecipação do cronograma de vacinação em 30 dias

Manhã é marcada por temperaturas baixas, mas tarde será amena no Estado