Giro do Vale / Polícia

Mulher dopou e queimou marido em forno de fumo no Sul do Estado

Em depoimento à polícia, ela afirma que era vítima de agressões do seu companheiro

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Uma mulher de 35 anos foi presa temporariamente, nesta terça-feira, dia 11, em Dom Feliciano, no sul do Estado. Ela confessou ter dopado e assassinado o marido, Erni Pereira da Cunha, de 43 anos. O crime teria ocorrido em 15 de fevereiro, última vez em que o homem teria sido visto.

Conforme a delegada Vivian Duarte, após a prisão, a mulher admitiu o crime. De acordo com o depoimento, ela teria dado comprimidos ao homem misturados em um suco de laranja. Com ele dopado, teria arrastado o companheiro até uma fornalha de fumo, que fica nos fundos da residência, e colocado fogo. O corpo teria sido queimado durante três dias. A mulher teria relatado que não teve ajuda de outras pessoas.

O caso é investigado como homicídio doloso qualificado, por recurso que impossibilitou a defesa da vítima e premeditação.

O casal estava junto havia 21 anos e tinha dois filhos, uma jovem de 16 e um de 20. O rapaz também foi preso nesta terça, temporariamente, por suspeita de envolvimento no caso. Todos moravam no mesmo local.

“Ela relatou que foi agredida e ameaçada durantes esses 20 anos, e que recentemente o homem teria ameaçado agredir também os filhos, o que ela disse que não admitiria. Por isso, afirmou que cometeu o crime”, afirma a delegada, acrescentando que a mulher não fez registros contra o marido na polícia.

Segundo Vivian, os filhos confirmaram que a mãe era agredida. Na data do crime, a mulher chegou a registrar uma ocorrência por desaparecimento do marido.

A polícia aguarda resultados da perícia para concluir o inquérito.

GZH

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Corpo que estava em avançado estado de decomposição, foi encontrado por um pescador.

Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou relatos de falta do imunizante em prefeituras gaúchas

No Vale do Taquari, a mínima será de 13°C e a máxima chega aos 32°C

Sexta oportunidade de deixar o Z4 foi desperdiçada com derrota por 2 a 0, em jogo com pênalti e expulsão do zagueiro Paulo Miranda