Giro do Vale / Saúde

Governo do Estado prevê vacinar população adulta, até dia 20 de setembro

Estimativa é imunizar o público até 18 anos, até essa data

Foto: Divulgação

O governo do Rio Grande do Sul reafirmou nesta quinta-feira, dia 24, o compromisso de vacinar toda a população acima de 18 anos com a primeira dose até o dia 20 de setembro. Durante live transmitida hoje, o governador Eduardo Leite detalhou o calendário de imunização, revelando datas e o público-alvo que receberá a aplicação das vacinas contra a Covid-19. A previsão do Piratini é terminar a imunização contra o coronavírus com a aplicação da segunda dose somente em dezembro. 

De acordo com o calendário divulgado, o Piratini tem o objetivo de vacinar pessoas entre 59 e 50 anos entre 22 e 30 de junho. Este público é formado por 849 mil pessoas. 

Julho 

Já ingressando no mês de julho, de 1º a 15, será a vez de pessoas entre 49 e 45 anos, público composto por 438 mil gaúchos. No mesmo período, de 16 a 31 de julho, serão atendidas aqueles que têm entre 44 e 40 anos. São 440 mil pessoas nesta etapa que precisam ser vacinadas. 

Agosto 

No mês de agosto, de 1º a 15, serão atendidos aqueles que têm entre 39 e 35 anos. Aproxidamente, são 600 mil pessoas que deverão ser imunizadas. Da metade para o final do período, de 16 a 31 de agosto, a Secretaria Estadual de Saúde irá disponibilizar imunizantes para pessoas com idades entre 34 e 28 anos, grupo também formado por quase 600 mil pessoas. 

Setembro 

A etapa final da aplicação da D1 ocorrerá em setembro, de 1º a 20. Nestes dias deverão ser imunizadas quase 972 mil pessoas com idades entre 27 e 18 anos. 

Em sua fala durante a live, a secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, comentou que o Rio Grande do Sul tem plenas condições de concluir a aplicação da primeira dose até 20 de setembro. “Temos a organização para cumprir este calendário, até porque temos celeridade para a distribuição de vacinas a gestores municipais. Se o Ministério da Saúde continuar encaminhando o quantitativo de doses que vem encaminhando mensalmente, talvez possamos dar uma maior cobertura vacinal, até porque temos 410 cidades com vacinas aplicadas na população de 50 anos”, explicou. 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Produtos estavam armazenados de forma irregular e fora da temperatura adequada, com prazos de validade vencidos ou sem prazos de validade, sem identificação e procedência, além de higiene precária

Os profissionais fizeram o combate das chamas e resfriamento da estrutura com o uso de aproximadamente mil litros de água

Foram cumpridas quatro ordens judiciais no Bairro Santo Antônio, em Lajeado. Também foram apreendidos bens como aparelhos eletrônicos e telefones celulares

Instabilidade atinge Planalto, Serra e Litoral Norte