Giro do Vale / Saúde

Mais 3 milhões de doses da Johnson chegam ao Brasil nesta sexta

Imunizante com aplicação única faz parte de promessa do governo americano de doar 80 milhões de vacinas a vários países

Foto: Divulgação

Mais três milhões de doses da vacina da Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson, chegarão ao Brasil nesta sexta-feira (25). O avião com os imunizantes, que foram doados pelos Estados Unidos, decolou no fim da noite desta quinta (24) e pousará no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), durante a manhã, segundo a previsão do Ministério da Saúde.

O governo norte-americano, que prometeu repassar de graça 80 milhões de vacinas contra o coronavírus aos países que mais precisam, afirmou que equipes científicas e autoridades legais e regulatórias de ambas as nações trabalharam juntas para garantir a entrega rápida das doses. 

Ontem de manhã, o Brasil recebeu um lote de 300 mil doses do fármaco da Johnson, que garante a imunização após uma única aplicação. Antes, na terça-feira (22), havia chegado outra remessa com 1,5 milhão de vacinas. Esses dois carregamentos são de um contrato com a farmacêutica que prevê 38 milhões de doses. 

Pfizer

Também ontem, desembarcou no Brasil novo lote da Pfizer/BioNTech com 936 mil doses. Trata-se do segundo carregamento do laboratório entregue nesta semana. No domingo (27), outra remessa com a mesma quantidade de ontem chegará no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). O total entregue ao governo brasileiro pela Pfizer nesta semana, portanto, será de 2,4 milhões.

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Produtos estavam armazenados de forma irregular e fora da temperatura adequada, com prazos de validade vencidos ou sem prazos de validade, sem identificação e procedência, além de higiene precária

Os profissionais fizeram o combate das chamas e resfriamento da estrutura com o uso de aproximadamente mil litros de água

Foram cumpridas quatro ordens judiciais no Bairro Santo Antônio, em Lajeado. Também foram apreendidos bens como aparelhos eletrônicos e telefones celulares

Instabilidade atinge Planalto, Serra e Litoral Norte