Giro do Vale / Geral

Temporal causa estragos e transtornos em várias cidades da região

Houve registros de quedas de árvores, fiação elétrica e destelhamento de imóveis

Foto: Divulgação / Bombeiros

O temporal que atingiu a região na noite deste sábado, dia 5, provocou estragos e transtornos em várias cidades. Por volta das 20h a chuva acompanhada de ventos fortes chegou provocando a queda de árvores e postes, o destelhamento de imóveis, falta de energia elétrica e por consequência o desabastecimento de água em regiões de algumas cidades.

Lajeado

Em Lajeado, os Bombeiros precisaram reforçar o efetivo com mais oito soldados para atender a demanda de ocorrências em função do temporal. Foram 15 atendimentos, entre casas destelhadas e queda de árvores. A falta de luz no município também ocasionou desabastecimento de água, já que o 6º recalque da Corsan, na Rua João Avelino Maria, no Bairro Conservas, está sem energia elétrica desde as 20h do sábado. A falta de água nesta manhã afeta os bairros Santo Antônio, Jardim do Cedro, Morro 25, Nações, Floresta, Conservas e a localidade do Passo de Estrela. A Corsan abriu um protocolo junto a concessionária RGE solicitando a solução do problema.

Estrela

O Corpo de Bombeiros de Estrela atendeu seis chamados de queda de árvores ao longo da noite deste sábado, dia 5. Árvores caíram às margens da BR-386, nos bairros das Indústrias, São José, Moinhos e Linha Lenz, em Estrela.

Bom Retiro do Sul

Em Bom Retiro do Sul, houve queda de galhos e árvores em estradas do interior e no perímetro urbano, além das rodovias RS-128 e RS-129, que ficaram temporariamente bloqueadas. Também ocorreu o destelhamento de imóveis em diferentes bairros. O abastecimento de energia elétrica na área urbana está parcialmente interrompido na parte alta do município, em decorrência de danos causados na rede que abastece o município pela localidade de Delfina, interior de Estrela. Equipes da RGE trabalham para restabelecer o serviço.

O abastecimento de água é normal na parte baixa da área urbana. Na parte alta da cidade, o abastecimento será normalizado após o retorno do abastecimento de energia elétrica e a religação das bombas de recalque, que abastecem os reservatórios no São João.

Colinas, Imigrante e Teutônia

O Corpo de Bombeiros Voluntários Imicol, atendeu chamados para desobstruir ruas dos perímetros urbano e rural nos municípios de Colinas e Imigrante. Além da queda de árvores, também houve queda de fiação elétrica. Já em Teutônia, houve rompimento de fios condutores de energia elétrica no acesso à Lagoa da Harmonia. Na área urbana, uma árvore caiu sobre a pista, na Via Láctea, imediações do Centro Administrativo, interrompendo a ligação entre os bairros Languiru e Alesgut, e outra árvore desabou sobre a Avenida Um Leste.

Subestação da Certel

A subestação da Certel Energia em Canudos do Vale também foi afetada pela força da ventania. Os estragos prejudicam o fornecimento de energia elétrica nos municípios de Canudos do Vale, Progresso, Marques de Souza, Pouso Novo, Sério, Boqueirão do Leão, Gramado Xavier, Santa Clara do Sul, Lajeado e parte dos bairros Canabarro e Centro Administrativo, em Teutônia, atingindo cerca de 25 mil pessoas. As equipes estão mobilizadas para restabelecer o fornecimento energético, que até o início da manhã deste domingo, dia 6, já havia voltado para cerca de 20 mil clientes.

Venâncio Aires

Em Venâncio Aires, no Vale do Rio Pardo, o Corpo de Bombeiros efetuou a poda e remoção de árvores com risco de cair sobre uma residência. A guarnição também deu apoio ao quartel de Santa Cruz do Sul, na localidade de Monte Alverne, onde foi efetuada a cobertura da casa paroquial da Igreja Católica que foi destelhada pelos fortes ventos da noite de sábado, dia 5.

Grupo Independente / Giro do Vale

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Gaúchos devem ter muitos dias frios e ao menos dois episódios de chuva na segunda quinzena deste mês

Aumento dos valores cobrados pelo sistema da bandeira tarifária vai confirmado pelo diretor-geral da Aneel, André Pepitone

Decisão deve abrir caminho para a liberação de ao menos mais duas parcelas do benefício assistencial

Temperaturas começam a diminuir por conta de ar polar