Giro do Vale / Geral

Homem e mulher que aplicavam golpe do cartão, são presos em Bom Retiro do Sul

Dupla foi capturada pela Brigada Militar quando realizava saques em uma agência bancária

Foto: Divulgação / BM

Um homem de 21 anos e uma mulher de 19 anos, moradores de São Paulo, foram presos no início da tarde desta quarta-feira, dia 28, no Centro de Bom Retiro do Sul após aplicarem o golpe do cartão de crédito em pelo menos quatro vítimas.

Um cliente entrou em contato com a agência bancária, informando que havia sido vítima de estelionatários que estavam realizando o golpe do “cartão clonado”. A Brigada Militar foi acionada e recebeu informações sobre o carro que estava sendo utilizado pelos golpistas, um Fiat Pálio de cor prata, e também sobre uma mulher, que inclusive já havia estado na agência e realizado saque no caixa eletrônica, sendo flagrada nas câmeras de vídeo monitoramento.

A guarnição da BM iniciou buscas, e logo em seguida foi comunicada que o veículo estava estacionado próximo a agência do Sicredi, e que um dos suspeitos estaria no interior do setor de auto atendimento realizando saque.

Ao perceber a aproximação dos policiais, uma mulher saiu do veículo e entrou em uma loja, mas acabou sendo capturada. Logo em seguida o homem também foi abordado, e com ele foram localizados os cartões das vítimas.

Ambos foram algemados e encaminhados para exame de lesões no Hospital de Caridade Sant’Ana, na sequência foram conduzidos para a Delegacia de Polícia do município, onde foi lavrado auto de prisão em flagrante pelo crime de estelionato e uso de documento falso.

Além do Palio, foram apreendidas três máquinas de catões, 6 bubinas de papel, uma CNH falsa, e dois celulares

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Armados, os criminosos levaram cerca de R$ 300 do local

Acidente ocorreu sobre a ponte do Arroio Estrela, nas proximidades das Rações Languiru

Reajuste no valor dos benefícios é menor que o do salário mínimo, que aumentou 10,18% em 2022

Segundo relatório da IFI, a despesa prevista com o Auxílio Brasil é praticamente igual ao gasto dos programas sociais de 2021