Giro do Vale / Geral

Corpo localizado entre Bom Retiro e Estrela completa um mês sem identificação

Laudo está sendo aguardado para confirmar ou não, se a vítima seria uma jovem de Teutônia

Tatuagens podem auxiliar na identificação da vítima. (Montagem sobre fotos / Polícia Civil / Divulgação)

Hoje completa um mês desde que foi localizado o corpo de uma mulher no Arroio da Areia, localidade de Figueira, entre Bom Retiro do Sul e Estrela, nas proximidades da barragem. A vítima ainda não foi identificada oficialmente, mas há a suspeita deque possa se tratar de uma jovem de Teutônia. O cadáver está nas câmaras frias do Departamento Médico Legal (DML) de Lajeado.

A necropsia apontou que o corpo apresentava diversas perfurações causadas por objeto cortante, e quando foi localizado, estava amarrado a uma pedra. A vítima possuía tatuagens pelo corpo, o que foi divulgado para tentar auxiliar na identificação

De acordo com o delegado Juliano Stobbe, titular da Delegacia de Polícia de Estrela, extraoficialmente há a possibilidade da vítima ser uma jovem de 18 anos, de Teutônia. Está sendo aguardado o resultado do exame papiloscópico para ter certeza da identificação.

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Armados, os criminosos levaram cerca de R$ 300 do local

Acidente ocorreu sobre a ponte do Arroio Estrela, nas proximidades das Rações Languiru

Reajuste no valor dos benefícios é menor que o do salário mínimo, que aumentou 10,18% em 2022

Segundo relatório da IFI, a despesa prevista com o Auxílio Brasil é praticamente igual ao gasto dos programas sociais de 2021