Giro do Vale / Destaque / Lajeado / Polícia

Força Tática prende trio suspeito por assaltos na região

Com os criminosos, a polícia encontrou armas, drogas e munição

Foto: Divulgação / BM

A Brigada Militar realizou a prisão de um trio suspeito de estar realizando assaltos na região. Eles foram capturados no Bairro Universitário, em Lajeado, por volta das 20h desta terça-feira, dia 10. Os indivíduos de indivíduos de 20, 30 e 32 anos acabaram presos por tráfico de entorpecentes, porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa

A Brigada Militar recebeu informações de que um veículo Ford Ka, que teria sido utilizado em um roubo ocorrido no dia 28 de julho, estaria transitando pelo Bairro Universitário. Ao avistar o carro na Avenida Alberto Pasqualini, a equipe da Força Tática realizou a abordagem.

Em revista pessoal e veicular foram encontrados um revólver Calibre .32 municiado com seis munições intactas. A arma estava na cintura do indivíduo de 30 anos, e com o suspeito de 20 anos, foi encontrada um revólver Calibre .38 com 5 munições intactas.

No veículo ainda foram encontradas quatro munições calibre .38, 20 munições calibre .32 e substância semelhante a cocaína, além de R$756 em notas diversas, duas balanças de precisão, e dois celulares.

Em consulta no sistema, foi constatado que o homem de 32 anos estava foragido após romper tornozeleira eletrônica.

O trio recebeu voz de prisão, e foi conduzido à a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), de Lajeado para providências legais.

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Produtos estavam armazenados de forma irregular e fora da temperatura adequada, com prazos de validade vencidos ou sem prazos de validade, sem identificação e procedência, além de higiene precária

Os profissionais fizeram o combate das chamas e resfriamento da estrutura com o uso de aproximadamente mil litros de água

Foram cumpridas quatro ordens judiciais no Bairro Santo Antônio, em Lajeado. Também foram apreendidos bens como aparelhos eletrônicos e telefones celulares

Instabilidade atinge Planalto, Serra e Litoral Norte