Giro do Vale / Geral

Governo finaliza pagamento da 5ª parcela do auxílio emergencial

Recebem nesta terça-feira os trabalhadores informais nascidos em dezembro e os membros do Bolsa Família com NIS final 0

Foto: Divulgação

A Caixa Econômica Federal finaliza nesta terça-feira (31) o pagamento da quinta parcela do auxílio emergencial, a primeira das três cotas extras anunciadas pelo governo. Recebem, hoje, os trabalhadores informais nascidos em dezembro que se cadastraram pelos meios digitais e os que integram o CadÚnico (Cadastro Único). Cerca de 39 milhões de pessoas foram contempladas  com o benefício em agosto.

O saque em dinheiro para o grupo será permitido a partir do dia 20 de setembro. Até lá, os valores podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas em estabelecimentos comerciais. Os trabalhadores informais também conseguem movimentar os recursos usando o app na Rede Lotérica de todo o Brasil. Além disso, podem fazer transferências instantâneas entre bancos via Pix (exceto para contas de mesma titularidade).

Com o encerramento dos créditos em conta da quinta parcela, começam, nesta quarta-feira (1º), os saques da rodada. Os aniversariantes de janeiro poderão resgatar os valores em dinheiro a partir de amanhã. 

Também nesta terça, a Caixa termina os depósitos do auxílio emergencial para os integrantes do Bolsa Família. Recebem, hoje, aqueles que têm o NIS (Número de Identificação Social) final 0.

Parcelas extras

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender a população de baixa renda afetada pela pandemia. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1.200 para mães chefes de família e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante sete meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; mulheres chefes de família têm direito a R$ 375; e pessoas que moram sozinhas, R$ 150.

O programa se encerraria com a quarta parcela, depositada em julho e sacada em agosto, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para o benefício. Em novembro, os beneficiários mais vulneráveis devem começar a receber o Auxílio Brasil, programa idealizado pelo governo Bolsonaro para substituir o Bolsa Família. 

Para custear os gastos com as três parcelas extras, o Ministério da Cidadania vai repassar R$ 20,27 bilhões.

Somando as quatro primeiras etapas de pagamentos, o investimento do Governo Federal chegou a R$ 35 bilhões, incluindo todos os públicos (meios digitais, CadÚnico e Bolsa Família). Foram 150,45 milhões de transferências, com 39,4 milhões de pessoas elegíveis.

Veja o calendário

5ª parcela (depósito na poupança social digital)

Nascidos em janeiro: 20/8
Nascidos em fevereiro: 21/8
Nascidos em março: 21/8
Nascidos em abril: 22/8
Nascidos em maio: 24/8
Nascidos em junho: 25/8
Nascidos em julho: 26/8
Nascidos em agosto: 27/8
Nascidos em setembro: 28/8
Nascidos em outubro: 28/8
Nascidos em novembro: 29/8
Nascidos em dezembro: 31/8

Saque em dinheiro nas lotéricas e caixas eletrônicos

Nascidos em janeiro: 1º/9
Nascidos em fevereiro: 2/9
Nascidos em março: 3/9
Nascidos em abril: 6/9
Nascidos em maio: 9/9
Nascidos em junho: 10/9
Nascidos em julho: 13/9
Nascidos em agosto: 14/9
Nascidos em setembro: 15/9
Nascidos em outubro: 16/9
Nascidos em novembro: 17/9
Nascidos em dezembro: 20/9

Para o Bolsa Família

5ª parcela

Final do NIS 1: 18/8
Final do NIS 2: 19/8
Final do NIS 3: 20/8
Final do NIS 4: 23/8
Final do NIS 5: 24/8
Final do NIS 6: 25/8
Final do NIS 7: 26/8
Final do NIS 8: 27/8
Final do NIS 9: 30/8
Final do NIS 0: 31/8

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Crime ocorreu no Bairro Santo Antônio, e autor fugiu após o crime

Carro foi removido ao depósito e a mulher foi conduzida à DPPA de Lajeado

Receita já informou os contribuintes sobre pendências

No Vale do Taquari, o sol aparece entre nuvens