Giro do Vale / Destaque / Fazenda Vilanova / Polícia

Vereador pega facão durante desentendimento com familiares de outra vereadora, em Fazenda Vilanova

Vereador Léo Mota (PDT) puxou facão quando foi interpelado por familiares da vereadora Ângela Bilhar (PP) ao final da sessão da Câmara

Foto: Divulgação

A Polícia Civil deve investigar os fatos ocorridos após a sessão da Câmara de Vereadores de Fazenda Vilanova, realizada nesta quinta-feira, dia 16.

De acordo com o registro feito na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Lajeado, ao final da sessão da Câmara, a filha da vereadora Ângela Bilhar (PP) se dirigiu ao vereador Léo Mota (PDT) para tirar satisfações a respeito de desentendimentos entre dois os parlamentares, que já estão ocorrendo há algum tempo, inclusive se estendendo para as redes sociais.

A mulher relata que estava acompanhada de outras três pessoas: seu companheiro, sua filha e sua tia. Segundo ela, naquele momento Mota teria se dirigido ao seu automóvel, um Gol, e pego um facão, apontado na direção dos familiares da vereadora. Um outro vereador do mesmo partido de Mota interveio, fazendo com que ele fosse embora. Os familiares de Ângela procuraram a polícia e registraram o caso como ameaça.

Léo Mota explica que saiu da discussão e entrou em seu carro. Porém, segundo ele, um dos familiares de Ângela teria tentado tirá-lo do interior do veículo, momento em que ele diz ter pego o facão, pois se sentiu vítima de uma emboscada, e teria utilizado a arma branca para se defender.

Ninguém se feriu durante a confusão. Imagens das câmeras da sede do legislativo de Fazenda Vilanova devem ser analisadas pela Polícia.

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Município já contabiliza em janeiro, cinco vezes mais casos do que o total de dezembro de 2021

Obras serão realizadas nos bairros Laranjeiras e São João

Carro que atropelou o rapaz, fugiu do local do acidente sem prestar socorro

Olinda Bolsonaro estava internada no Hospital São João, em Registro, no interior paulista