Giro do Vale / Geral

Estiagem faz Bom Retiro do Sul decretar uso racional da água

A utilização da água distribuída no município, deverá ser unicamente para fins domésticos, higiênicos e consumo de animais.

Escassez de chuva tem resultado na baixa dos reservatórios e do nível do Rio Taquari. (Foto: Fernando Dias / Divulgação)

A administração municipal de Bom Retiro do Sul comunica que decretou o uso racional de água em todo o território da cidade. A medida foi tomada no dia 5 de janeiro, devido a situação de emergência causada pela estiagem, e agravada pela escassez de chuva, baixa dos reservatórios e do nível do Rio Taquari.

A utilização da água distribuída no município, enquanto vigorar o Decreto 001/2022 deverá ser unicamente para fins domésticos, higiênicos e consumo de animais.

Os estabelecimentos industriais, comerciais e residenciais deverão restringir o uso de água potável ao mínimo indispensável para suas atividades consideradas essenciais, conforme as suas especificidades.

O que fica vedado:

  • Irrigação de gramados, bem como qualquer outro uso de água tratada, que possa significar o uso não prioritário; Irrigação de plantações;
  • Reposição total ou troca de água de piscinas de clubes, entidades ou residências;
  • Lavagem de calçadas de prédios comerciais e industriais, condomínios ou residências;

AI

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Município já contabiliza em janeiro, cinco vezes mais casos do que o total de dezembro de 2021

Obras serão realizadas nos bairros Laranjeiras e São João

Carro que atropelou o rapaz, fugiu do local do acidente sem prestar socorro

Olinda Bolsonaro estava internada no Hospital São João, em Registro, no interior paulista