Giro do Vale / Esporte / Inter

Com reservas, Inter empata sem gols contra o São Luiz

Equipe alternativa de Medina perde 100% de aproveitamento, mas mantém liderança do Estadual

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Era uma noite de testes para Alexander Medina. Com duas vitórias nas primeiras rodadas, deu oportunidade aos reservas na noite desta quarta-feira, em Ijuí. E a equipe alternativa ficou no empate em 0 a 0 contra o São Luiz, no estádio 19 de Outubro, em um jogo fraco tecnicamente. Com o resultado, o colorado perde os 100% de aproveitamento, mas mantém a liderança do Campeonato Gaúcho nos critérios de desempate. 

No primeiro tempo, o São Luiz criou as melhores chances. Na etapa final, o Inter melhorou no jogo, aproveitou o cansaço do adversário e pressionou. No entanto, não conseguiu marcar e o jogo ficou mesmo no empate.

O Inter volta a campo no sábado, para mais um confronto fora de casa. O colorado enfrenta o Ypiranga, no Colosso da Lagoa, em Erechim. O confronto, pela 4ª rodada do Estadual, acontece às 16h30min.

Primeiro tempo com pressão do São Luiz

Após duas vitórias seguidas com os titulares, o técnico Alexander Medina optou por rodar o elenco, tanto para descansar os 11 quanto para testar outras opções e ver o restante do elenco em situação de jogo. Assim, fez mudanças começando pelo gol. Keiller, voltando de empréstimo, foi titular. Na zaga, mercado e Kaíque Rocha. No meio, Lindoso e Johnny foram os volantes. D’Alessandro, que entrou e marcou contra o União, foi titular pela primeira vez desde a volta.

A primeira finalização com mais perigo na partida foi do São Luiz, logo aos 5 minutos de jogo. Ariel recebeu na entrada da área, pela esquerda, e puxou para o meio, ameaçando finta sobre Heitor. A finalização forte, rasteira, passou no meio das pernas do lateral e obrigou Keiller a se atirar para fazer a defesa e evitar o primeiro dos donos da casa.

Aos 11, o Inter respondeu na bola parada. Após cobrança de escanteio pela esquerda de ataque, a bola chegou no segundo pau, onde estava o zagueiro Kaíque Rocha. Ele subiu nas costas do defensor e mandou forte, para baixo. Para sorte do São Luiz, ela passou perto da trave esquerda do goleiro Renan Rocha, mantendo o placar em 0 a 0.

O São Luiz não ficou atrás e também levou muito perigo na bola parada, aos 26 minutos. Em cobrança de falta na entrada da área, do lado esquerdo, o meia Jean Dias bateu buscando o canto de Keiller. O goleiro saltou e se esticou todo para, com a ponta dos dedos, tocar nela e defender, salvando o colorado.

Apesar de o jogo ter sido lá e cá, ficou mais truncado nos minutos finais do primeiro tempo, especialmente em resposta do Inter para a melhora do São Luiz, que chegou a ensaiar pressão. Assim, foram três cartões amarelos em cinco minutos, contra nenhum do restante da etapa inicial. Assim, o jogo foi ao intervalo mesmo empatado em 0 a 0.

Inter melhora no segundo tempo

O Inter voltou com o objetivo de controlar mais o jogo, e conseguiu. Teve mais a posse de bola nos primeiros 10 minutos, e pressionou mais a saída de bola do adversário, que encontrou dificuldades para ficar com ela. Assim, aos 10, Johnny retomou no campo de ataque e finalizou, com a bola passando perto da trave do goleiro Renan Rocha.

A partir dos 15 minutos, o São Luiz, vindo de duas partidas em sequência com o time titular, pareceu cansar. E o Inter se aproveitou disso para aumentar a pressão. Assim, ganhou escanteios em sequência, pelos dois lados, imprimindo um ritmo forte às jogadas pelos lados. Apesar disso, no entanto, também abusou das posições de impedimento, fruto do desentrosamento da equipe, ainda em estágio inicial de preparação. 

Já perto dos 30, depois da segunda parada técnica para hidratação, Medina começou a fazer trocas. Colocou em campo Gustavo Maia, e o jovem Nicolas, campeão da Copa São Paulo de 2020 com o colorado. Para as vagas, saíram o volante Rodrigo Lindoso e o apagado Matheus Cadorini. 

No entanto, o ritmo de jogo caiu. E, como o Inter não conseguiu aproveitar para marcar quando pisou no acelerador, o São Luiz ensaiou uma última pressão. Chegou à frente e explorou as laterais, mas também não conseguiu anotar seu gol. O confronto acabou mesmo em 0 a 0 e, apesar de perder o 100% de aproveitamento, o colorado manteve a liderança do Gauchão. 

Campeonato Gaúcho – 3ª rodada 

São Luiz 0 

Renan Rocha; Lucas Carvalho (Mizael); João Marcus (Rodrigo Milanez), Willian Goiano e Marcio Goiano; Regis (Jeferson Prill), Paulinho Santos (Germano), Jean Dias e João Vieira; Juba (Paulinho Simionato) e Ariel. Técnico: Paulo Henrique Marques

Inter 0 

Keiller; Heitor, Mercado, Kaique Rocha e Paulo Victor; Lindoso (Gustavo Maia), Johnny, Caio Vidal, D’Alessandro (Matheus Dias) e Mauricio (Lucas Ramos); Matheus Cadorini (Nicolas). Técnico: Alexander Medina

Cartões amarelos: Willian Goiano e Ariel Marques (São Luiz); D’Alessandro (Inter)  

Arbitragem: Anderson Daronco

Local: Estádio 19 de Outubro, em Ijuí 

Data e hora: 02/02, às 19h

Correio do Povo

Veja mais imagens

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Declaração ocorre após pressão feita por correligionários para que ex-governador desista de disputar cargo neste ano

Campo de futebol sete do Parque Pôr do Sol passa a levar o seu nome

Acidente ocorreu no km 34 da rodovia, na localidade de Linha Cordilheira

Três carros se envolveram na colisão que vitimou um jovem de 18 anos