Giro do Vale / Geral

É falsa a informação de que câmeras da BR-386 seriam utilizadas na aplicação de multas

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, imagens ajudarão a agilizar atendimentos em casos de panes mecânicas e acidentes na rodovia

Foto: Divulgação / CCR Viasul

Um áudio está circulando por grupos de WhatsApp nesta quarta-feira, dia 16, onde o autor passa informações falsas sobre uma suposta reunião entre CCR Viasul, EGR e Polícia Rodoviária Federal (PRF) onde teria sido informado de que as câmeras de monitoramento instaladas ao longo da BR-386 de Tio Hugo até Canoas, seriam utilizadas para a aplicação de multas de trânsito. Tanto a PRF como CCR Viasul informam que tais informações não procedem.

A assessoria da CCR Viasul informou que todos esses dispositivos são somente câmeras de monitoramento de tráfego, ou seja, atuam no intuito de auxiliar no monitoramento do fluxo, agilizando ainda mais o atendimento aos usuários da rodovia. Essas câmeras não aferem velocidade, por isso, não emitem multas, o que inclusive, não cabe à Concessionária.

Já em relação aos controladores de velocidade, os mesmos ainda não estão em operação. A CCR ViaSul reforça aos usuários que, antes do início do funcionamento desses dispositivos, irá informar por meio da imprensa e de seus canais de comunicação oficiais.

Paulo Reni, chefe da 4ª delegacia da PRF, com sede em Lajeado, explica que a câmeras servirão para trazer também mais segurança para a comunidade, uma vez que também serão utilizadas para o combate ao crime.

Nada impede que no futuro as câmeras possam ser utilizadas para fiscalização de infrações de trânsito, porém para isso ainda haveria um longo caminho a percorrer. Reni explica que para isso ocorrer, precisaria ser celebrado um convênio entre a concessionária, ANTT, e PRF. Depois possibilitar com que os agentes policiais possam ter aceso as imagens em tempo real, além readequação da rodovia com placas informando sobre o cercamento eletrônico no local.

Comentários

  1. paulohh1958@gmail.com disse:

    Obrigado

Publicidade

Últimas Notícias

Cerca de 155 agentes cumpriram 30 mandados judiciais em 12 cidades gaúchas, tendo como alvos também a caça ilegal e o tráfico de armas

Com bastante nebulosidade e tempo instável, a temperatura varia pouco

Foi descartado qualquer tipo de sinal de violência no corpo da criança

Foi a quinta vez consecutiva que prêmio não teve seis acertadores