Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio perde a primeira no Gauchão, para o União Frederiquense

Com atuação fraca, o tricolor acabou superado por 3 a 1

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Sob o olhar atento do novo técnico Roger Machado, que acompanhou o jogo da arquibancada, o Grêmio foi surpreendido pelo União Frederiquense e perdeu pelo placar de 3 a 1, na noite desta quarta-feira, em Frederico Westphalen. A péssima atuação levou à primeira derrota da equipe no Gauchão – uma invencibilidade que durava seis rodadas. 

Os gols da partida foram marcados por Jander, Eliomar e Laion, do lado do União. Elias, de pênalti, descontou para o Tricolor.  Com a derrota, o Grêmio estacionou nos 14 pontos e pode perder a liderança para o Ypiranga. O União se afasta da zona do rebaixamento, com sete pontos, e crava a nona posição.

Começo morno, final intenso

Não era apenas o olhar de Roger, mas do torcedor estava sobre os gremistas. Os minutos iniciais em Frederico Westphalen viram duas equipes se estudando e pouco produzindo, cenário bem diferente da segunda metade. A primeira oportunidade na cancha foi azul. Pela intermediária, Rildo tocou para Janderson, que tentou o chute. O atacante só não contava que a bola pegaria, sem perigo para a meta de Marcão.

O União responderia aos 16 minutos. Lessa fez o cruzamento da ponta direita. Daivison se antecipou à marcação e cabeceou para fora, assustando o goleiro Grando. Gostando da partida, os donos da casa pressionaram. Aos 24, o primeiro dígito do placar foi inaugurado. Com a bola alçada na segunda trave, Cleiton cabeceou no meio da área. Jander, oportunista, completou para o fundo da rede. 1 a 0.

A festa em Frederico Westphalen durou pouco, mais precisamente, um minuto. Rildo recebeu na área e caiu na área, no contato com Talis. Pênalti polêmico marcado e convertido por Elias, que deslocou Marcão para anotar o seu quarto tento no estadual – artilheiro isolado.

O União assustou novamente com Joãozinho, que se livrou da marcação de dois jogadores do Grêmio. O chute teria acertado a meta se não fosse a cabeça de Rodrigues, que afastou – o relógio marcava 33 minutos. O marasmo dos minutos iniciais deu lugar a um final intenso de ambas as equipes, como se os gols fossem adrenalina pura. O União chegou a ter um gol impedido, aos 46, com Joãozinho, que completou para as redes após rebote de Gabriel Grando. O meia, porém, estava em posição irregular e a etapa terminou com números iguais.

Grêmio naufraga diante dos donos da casa

Se o primeiro tempo terminou intenso, a segunda etapa foi um espelho. A bola mal tinha rolado quando a torcida da equipe da casa explodiu em gritos. Na primeira chegada do União, logo no primeiro minuto, o segundo gol. Marquinhos bateu cruzado e contou com o desvio de Eliomar. Coube a Gabriel Grando apenas acompanhar a bola que morreu dentro da meta.

A pressão era total. Empurrado pelas arquibancadas, o União chegou mais uma vez. Aos sete, Daivison recebeu na grande área, arrumou o corpo, mas o chute saiu mal. A bola só estufou as redes do lado de fora. 

Em números absolutos a primeira boa jogada coletiva do Grêmio aconteceu quase uma hora depois do começo do jogo. Aos 17, Lucas Silva rolou para Rildo na meia lua. A bola teve direção, mas Marcão segurou firme no centro. Em um segundo momento, aos 18, mais uma boa jogada trabalhada na troca de passes. Elias soltou para Janderson na ponta direita, que cruzou. Gabriel Silva se esticou como pode, mas não alcançou a bola.

A vitória do União foi sacramentada aos 27 minutos. Joãozinho, um dos nomes do jogo, cruzou a bola na pequena área pelo lado direito. Laion subiu sozinho e completou para o fundo das redes. Pela primeira vez no ano, o Tricolor sofria dois gols em uma mesma partida e, com isso, perdia a invencibilidade no Gauchão – tudo aos olhos do novo comandante, que terá muito trabalho para o próximo confronto.

Os minutos finais foram de intenso desespero do Tricolor. A torcida da casa gritava e o elenco parecia totalmente dominado em campo. Nicolas, aos 47, tentou o chute de falta, mas o arqueiro apenas acompanhou a bola ir para fora. O placar se manteve o mesmo, 3 a 1.

Na próxima rodada, o Tricolor recebe o São Luiz, no sábado. A partida está marcada para sábado, às 16h30min, na Arena. O União, vai a Bagé, onde encara o Guarany, no mesmo dia, às 19h, direto do Estrela D’Alva.

Campeonato Gaúcho – 7ª rodada

União Frederiquense 3

Marcão; Lessa, Talis, Cleiton e Jander (Iago); Igor Silva, Marquinhos, Eliomar (Menezes) e Joãozinho (Buzzato); Laion (Yuri) e Daivison (Anderson Magrão). Técnico: Daniel Franco.

Grêmio 1

Gabriel Grando; Orejuela, Rodrigues, Bruno Alves e Nicolas; Thiago Santos (Lucas Silva) e Villasanti (Gabriel Silva); Bitelo, Janderson (Vini Paulista) e Rildo (Fernando Henrique); Elias (Churín). Técnico: César Lopes (interino).

Gols: Jander (24min/1T), Eliomar (1min/2T), Laion (23min/2T) e Elias (28min/1T)

Cartões amarelos: Marquinhos (União), Thiago Santos e Rodrigues (Grêmio)

Árbitro: Lucas Guimarães Rechatiko Horn, auxiliado por Jose Eduardo Calza e Conrado Bittencourt Berger. 

Data e hora: Quarta-feira, 16 de fevereiro, às 19h. 

Local: Arena União Frederiquense, Frederico Westphalen (RS)

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Declaração ocorre após pressão feita por correligionários para que ex-governador desista de disputar cargo neste ano

Campo de futebol sete do Parque Pôr do Sol passa a levar o seu nome

Acidente ocorreu no km 34 da rodovia, na localidade de Linha Cordilheira

Três carros se envolveram na colisão que vitimou um jovem de 18 anos