Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio vence o Guarany de Bagé e assume a liderança do Gauchão

Janderson e Diego Souza marcaram os gols da vitória tricolor por 2 a 0 na Arena

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

O Grêmio fez valer a força da Arena e sua maior qualidade para vencer o Guarany de Bagé, por 2 a 0, e assumir a liderança do Gauchão 2022, na noite deste domingo. Com dez pontos, o Tricolor é o líder isolado da competição após quatro rodadas. Os visitantes, por sua vez, amargam a lanterna, sem ter somado nenhum ponto. Na próxima rodada, a equipe gremista visita o Aimoré, na quarta-feira, às 20h30min. 

Mesmo sem muita inspiração, o time do técnico Vagner Mancini venceu sem sustos. O confronto foi marcado por faltas, especialmente no primeiro tempo. Janderson, logo aos dois minutos, aproveitou erro da defesa do Guarany e abriu o placar. Na segunda etapa, o centroavante Diego Souza deixou o dele aos 14 em chute cruzado.

O sentimento de preocupação, no entanto, esteve presente fora dos gramados. O meia colombiano Campaz precisou deixar o campo por dores no joelho depois de dividida ainda na primeira etapa. O camisa 8 Benítez entrou e fez sua estreia pelo time gremista.  

“Força Jean Pyerre”

Antes da bola rolar, o Grêmio colocou uma mensagem de apoio ao meia Jean Pyerre no telão da Arena. Emprestado ao futebol turco, o jogador está retornando ao Brasil para tratar um câncer nos testículos. Ao longo da semana, atletas e clubes do Brasil manifestaram solidariedade com o profissional. 

Gol relâmpago e preocupação com Campaz

A proposta defensiva do Guarany de Bagé, que colocou cinco homens na defesa, vazou logo aos dois minutos. Um erro de comunicação do zagueiro Vavá e o goleiro Otávio deixou a bola limpa para o atacante Janderson empurrar para o fundo da rede. Apesar do gol, os visitantes mantiveram a estratégia e não davam espaços aos gremistas no ataque. 

Ao time de Vagner Mancini, faltou inspiração e criatividade para assustar a meta adversária. Na melhor chance após o gol, o volante Lucas Silva chegou finalizando da entrada da área e encontrou a trave. Mais tarde, ele novamente assustou em finalização por cima. 

Ao longo de todo primeiro tempo, o confronto ficou marcado por muitas faltas, entradas duras e discussão entre os jogadores. Tudo isso, deixou a partida amarrada e lenta. Aos 30, o meia colombiano Campaz deixou o campo sentindo dores no joelho e o estreante Benítez entrou. A mecânica no meio permaneceu a mesma, com dificuldade para criar oportunidades e até estabelecer uma pressão contra o Guarany. Satisfeitos com o 0 a 1, o time visitante também evitou se expor ofensivamente e o resultado não se alterou mais. 

Diego Souza define 

A segunda etapa foi de mudanças somente nos visitantes na arrancada. O habilidoso Leandro Canhoto entrou na vaga de Wallan Luan para dar mais dinamismo aos ataques do time de Bagé. A alteração até surtiu efeito ofensivo, mas não conseguiu destrancar o meio de campo da partida. Ainda eram muitas faltas e pouca inspiração no ataque de ambos os lados. Sentindo essa trava no meio, Mancini fez suas alterações. Os volantes Thiago Santos e Lucas Silva deixaram o campo para as entradas de Fernando Henrique e Villasanti. 

No primeiro lance em campo, Fernando Henrique deu lindo passe para Diego Souza, que dominou e finalizou cruzado sem chances para o goleiro Otávio, aos 14 minutos. Essa nova configuração de volantes potencializou o argentino Benítez, que passou a ter mais liberdade e se destacar. Aos 25, achou boa bola para Villasanti finalizar na trave dos adversários. 

A vantagem de 2 a 0 diminuiu bastante o ímpeto do Guarany. O Tricolor passou a administrar o resultado e trocar passes no meio de campo. Aos 38, o jovem Gabriel Silva entrou na vaga de Janderson. O garoto teve uma chance aos 42, mas errou a cavadinha e parou nas mãos do arqueiro. Os minutos restantes foram de posse de bola gremista e pouca resistência do Guarany. Placar definido e vitória tricolor, o novo líder do Gauchão. 

Campeonato Gaúcho – 4ª rodada

Grêmio 2

Gabriel Grando; Orejuela, Geromel, Bruno Gomes e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Villasanti), Lucas Silva (Fernando Henrique) e Campaz (Benítez); Janderson (Gabriel Silva), Ferreira e Diego Souza. Técnico: Vagner Mancini

Guarany de Bagé 0

Otávio; Raphinha, Diego Macedo (Gustavo Sapeka), Léo Kanu, Wagner Freitas e Vavá; David, Rafael Carrilho e Lucas Hulk (Marcos Paulo), Wallan Luan (Leandro Canhoto) e Jarro. Técnico: Cristian de Souza

Gols: Janderson (02min/1T°) Diego Souza (14min/2°T)
Cartões amarelos: Jarro e Vavá (Guarany) Thiago Santos (Grêmio)
Arbitragem: Rodrigo da Silva
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS) 
Data e hora: 06/02, às 19h30min

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Declaração ocorre após pressão feita por correligionários para que ex-governador desista de disputar cargo neste ano

Campo de futebol sete do Parque Pôr do Sol passa a levar o seu nome

Acidente ocorreu no km 34 da rodovia, na localidade de Linha Cordilheira

Três carros se envolveram na colisão que vitimou um jovem de 18 anos