Giro do Vale / Arroio do Meio / Destaque / Encantado / Polícia

Ossada encontrada em Arroio do Meio pode ser de morador de Encantado que está desaparecido

Familiares teriam reconhecido as vestes e o relógio localizado junto aos restos mortais

Foto Divulgação / Polícia Civil

A Polícia Civil divulgou que há uma provável identificação da ossada humana encontrada em um banco de cascalhos às margens do no rio Taquari em Arroio do Meio na última segunda-feira, dia 14.

Familiares de Paulo Ricardo Dutra, de 62 anos, morador de Encantado, relataram que ele foi visto pela última vez no dia 27 do mês passado, quando saiu para pescar com seu barco. Naquela ocasião, o barco foi encontrado as margens do Rio Taquari, próximo a casinha da Cosuel, logo após o pedágio, ainda com os petrechos de pesca.

Foram encontradas roupas e um relógio junto a ossada, e de acordo com a família pertenciam a Dutra. Eles teriam inclusive mostrado uma foto onde ele estaria segurando peixes e aparece o relógio.

Familiares foram encaminhados para coleta de material genético para confronto com o coletado na ossada. Também foi informado que Dutra possuía próteses ósseas, o que deve auxiliar os peritos na identificação.

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Declaração ocorre após pressão feita por correligionários para que ex-governador desista de disputar cargo neste ano

Campo de futebol sete do Parque Pôr do Sol passa a levar o seu nome

Acidente ocorreu no km 34 da rodovia, na localidade de Linha Cordilheira

Três carros se envolveram na colisão que vitimou um jovem de 18 anos