Giro do Vale / Geral

Abono salarial será pago a 1,9 milhão de trabalhadores nesta quinta

Calendário do Pasep termina hoje, mas quem perder o prazo poderá sacar até o dia 29 de dezembro deste ano

Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

O abono salarial PIS/Pasep será pago nesta quinta-feria, dia 24, a 1,9 milhão de trabalhadores, com valor total de R$ 1,8 bilhão. O calendário do Pasep termina hoje com o pagamento pelo Banco do Brasil para 224,294 beneficiados, que têm final de inscrição 9, num total de R$ 246,1 milhão.

Pela Caixa, serão beneficiados 1.727.198 inscritos no PIS nascidos em outubro, com o total de R$ 1,5 bilhão. O pagamento do PIS vai até a próxima semana quinta-feira (31). Mas quem perder o prazo previsto no calendário de pagamento terá até o dia 29 de dezembro deste ano para sacar o benefício.

Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, o abono beneficiará 24,2 milhões de trabalhadores, com um volume de recursos de R$ 22,6 bilhões.

Calendário do abono salarial

PIS

Nascidos em janeiro – 8 de fevereiro
Nascidos em fevereiro – 10 de fevereiro
Nascidos em março – 15 de fevereiro
Nascidos em abril  – 17 de fevereiro
Nascidos em maio – 22 de fevereiro
Nascidos em junho – 24 de fevereiro
Nascidos em julho – 15 de março
Nascidos em agosto – 17 de março
Nascidos em setembro – 22 de março
Nascidos em outubro – 24 de março
Nascidos em novembro – 29 de março
Nascidos em dezembro – 31 de março

Pasep

Finais de inscrição 0 e 1 – 15 de fevereiro
Finais de inscrição 2 e 3 – 17 de fevereiro
Final de inscrição 4 – 22 de fevereiro
Final de inscrição 5 – 24 de fevereiro
Final de inscrição 6 – 15 de março
Final de inscrição 7 – 17 de março
Final de inscrição 8 – 22 de março
Final de inscrição 9 – 24 de março

Para ter direito ao benefício, é preciso estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, ter trabalhado formalmente com carteira assinada, no mínimo, por 30 dias em 2020 e recebido, no máximo, até dois salários mínimos (R$ 2.424).

O valor pode variar de R$ 101 a R$ 1.212 (patamar do novo salário mínimo), conforme a quantidade de meses trabalhados. Poderá sacar a quantia máxima quem trabalhou os 12 meses de 2020.

• Quem trabalhou um mês recebe R$ 101,00
• Dois meses: R$ 202,00
• Três meses: R$ 303,00
• Quatro meses: R$ 404,00
• Cinco meses: R$ 505,00
• Seis meses: R$ 606,00
• Sete meses: R$ 707,00
• Oito meses: R$ 808,00
• Nove meses: R$ 909,00
• Dez meses: R$1.010,00
• Onze meses : R$ 1.111,00
• Doze meses: R$ 1.212,00

Quem tem direito ao abono

• É preciso estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;

• Ter trabalhado formalmente (com carteira assinada) no mínimo 30 dias em 2020;

• Ter recebido até dois salários mínimos (R$ 2.424);

• Também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Rais (Relação Anual de Informações Sociais) ou no esocial, conforme a categoria da empresa.

Como consultar o valor

Os trabalhadores da iniciativa privada inscritos no PIS e nascidos nos meses de janeiro a junho e os trabalhadores dos municípios afetados pelas chuvas nos estados da Bahia e de Minas Gerais  podem consultar as informações pelo aplicativo Caixa Tem e pelo atendimento Caixa ao Cidadão (0800 726 0207).

No caso dos trabalhadores vinculados ao Pasep, a consulta do saldo é na página Consulte Seu Pasep. Há também a opção de ligar para a Central de Atendimento do Banco do Brasil (4004-0001, nas capitais e regiões metropolitanas, ou 0800 729 0001, no interior).

O serviço de consulta também pode ser feito pelo link, bem como pelo telefone 158, do Ministério do Trabalho e Previdência, e pelo atendimento presencial nas unidades regionais da pasta.

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Declaração ocorre após pressão feita por correligionários para que ex-governador desista de disputar cargo neste ano

Campo de futebol sete do Parque Pôr do Sol passa a levar o seu nome

Acidente ocorreu no km 34 da rodovia, na localidade de Linha Cordilheira

Três carros se envolveram na colisão que vitimou um jovem de 18 anos