Giro do Vale / Saúde

Cai o número de internações por Covid-19 em leitos de terapia intensiva no RS

Dados representam uma redução de 22,98% em comparação com duas semanas atrás

Foto: Divulgação

Após registrar crescimento dos casos de Covid-19 em janeiro e início de fevereiro – com reflexo no aumento das internações –, o Rio Grande do Sul observa tendência de queda das hospitalizações por conta da doença. Nesta segunda-feira, 449 pacientes diagnosticados com a doença ocupam leitos de terapia intensiva, o que representa uma redução de 22,98% em comparação com duas semanas atrás, quando havia 583 casos confirmados.  

Conforme o Painel Coronavírus, da Secretaria Estadual de Saúde (SES), as internações por Covid-19 se mantiveram acima de 500 até 18 de fevereiro, quando as hospitalizações começaram a cair. Apesar da desaceleração da ocupação de leitos de terapia intensiva, especialistas vêm alertando que as festas durante o período de Carnaval podem refletir no aumento de novos casos da doença nas próximas semanas. Segundo boletim epidemiológico divulgado pela SES, 3.958 novos casos foram confirmados nesta segunda-feira, elevando o total de fevereiro para 205.137. 

Mais 13 pessoas perderam a vida em decorrência da doença, totalizando 38.272 mortes desde o início da pandemia. Fevereiro terminou com 1.166 mortes por Covid-19, maior número em sete meses. Na Capital, as internações em UTIs em função do novo coronavírus também seguiam tendência de queda, com 130 pacientes em estado grave. É uma variação de 19,2% em comparação com duas semanas, quando havia 161 pessoas com diagnosticadas com a doença. 

A taxa de ocupação total dos leitos de terapia intensiva – que envolve as internações por todas as doenças – era de 82,57%, com 592 pacientes em estado grave. Durante boa parte de fevereiro, a ocupação dos leitos de UTIs se manteve acima de 90%. Apesar da diminuição das internações, os hospitais Nossa Senhora da Conceição e Ernesto Dornelles operavam acima da capacidade máxima. O Hospital da Restinga não tinha leitos de terapia intensiva disponíveis. Outras instituições tinham ocupação superior a 90%, como Pronto Socorro (95%) e Mãe de Deus (90,91%).

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Declaração ocorre após pressão feita por correligionários para que ex-governador desista de disputar cargo neste ano

Campo de futebol sete do Parque Pôr do Sol passa a levar o seu nome

Acidente ocorreu no km 34 da rodovia, na localidade de Linha Cordilheira

Três carros se envolveram na colisão que vitimou um jovem de 18 anos