Giro do Vale / Esporte / Grêmio / Inter

Inter vence o Gre-Nal, mas Grêmio fica com a vaga na final do Gauchão

Placar agregado garantiu classificação do Tricolor, apesar de golaço de Taison

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter precisava de uma grande atuação para reverter a enorme desvantagem conquistada pelo Grêmio no Beira-Rio, no sábado. Até venceu por 1 a 0 o Gre-Nal 437, disputado na Arena, na noite desta quarta-feira. No entanto, a vantagem no placar agregado, após o 3 a 0 no Beira-Rio, garantiu a classificação do Tricolor para a final do Campeonato Gaúcho de 2022. O Tricolor vai em busca do pentacampeonato estadual. 

O único gol da partida foi marcado no segundo tempo. Taison, de falta, acertou um chutaço. Mas o triunfo foi insuficiente para avançar à decisão. 

Agora, o Grêmio enfrenta o Ypiranga de Erechim, que eliminou o Brasil de Pelotas, na decisão, em dois jogos. A Federação Gaúcha de Futebol deve confirmar nesta quinta-feira as datas e horários. O primeiro jogo é no Colosso da Lagoa, e o segundo, na Arena. Já o Inter volta a campo apenas para a disputa da Série A. Na estreia, enfrenta o Atlético-MG.

Inter fica com a bola, mas cria pouco

Pelo lado do Grêmio, a única alteração foi na volância. O contestado Thiago Santos entrou no lugar do paraguaio Villasanti, que está com a seleção para a disputa das Eliminatórias. Já pelo lado do Inter, Medina lançou a campo uma equipe mais ofensiva. E também com trocas no sistema defensivo. Bruno Méndez na zaga substituiu Victor Cuesta, e Liziero foi improvisado na lateral-esquerda.

Atrás no placar e precisando de um gol cedo para equilibrar o confronto, a primeira chance do jogo foi do Inter, aos 10 minutos. Mauricio foi até a linha de fundo, pela direita, e cruzou forte na marca do pênalti. David ganhou pelo alto e testou firme, obrigando Brenno a fazer grande defesa e espalmar para evitar o 1 a 0 dos visitantes.

Na primeira metade da etapa inicial, o Inter, precisando do resultado, ocupou mais o campo do Grêmio. Ganhou escanteios em sequência e rodou a bola enquanto o Tricolor tentava ajustar a marcação. Explorou especialmente as combinações entre Taison e David, com algumas bolas longas que ficaram espichadas demais, para a sorte do goleiro Brenno, que ficou com ela na maioria das vezes. Mauricio também foi participativo, distribuindo o jogo.

Dono das ações, com controle da posse mas sem conseguir finalizar com perigo, o Inter sofreu uma baixa importante aos 37 do primeiro tempo. Em tentativa de jogada de ataque, David sentiu o posterior da coxa esquerda e desabou no gramado. Ele não conseguiu seguir na partida e foi substituído por Caio Vidal. 

Apesar de não conseguir reter a bola e ver Thiago Santos correndo atrás na marcação, o Grêmio correu poucos riscos. O Inter, de repertório ofensivo limitado, não conseguiu agredir o necessário para assustar e descontar a desvantagem. Assim, a partida foi ao intervalo empatada em um morno 0 a 0.

Colorado abre o placar, mas para por aí

Para a segunda etapa, as duas equipes voltaram com a mesma formação. Alexander Medina optou por não mexer no time, mesmo precisando do resultado. A primeira chance foi do Grêmio, logo aos dois minutos. Campaz recebeu na direita, e bateu forte, de perna esquerda, de fora da área. Ele buscou o ângulo, e a bola passou perto da trave, assustando o goleiro Daniel.

Na tentativa de revigorar o setor de ataque, o técnico Roger Machado, aos 13 do segundo tempo, lançou a campo Ferreira. Vindo de lesão, o atacante tinha apenas condições de jogo para cerca de meia hora. Quem saiu foi Elias, que teve boa atuação como válvula de escape do Tricolor pelos lados. 

Na bola parada, em falta cometida por Thiago Santos, o Inter chegou ao seu gol. E foi um golaço. Em cobrança direta aos 19 minutos, Taison bateu forte, uma paulada, no ângulo de Brenno. O goleiro até saltou, mas não alcançou. O Inter abriu o placar e, assim, se recolocou no jogo. 

O Grêmio sentiu o gol e, por pouco, em nova falha de Thiago Santos, não levou o segundo em jogada pela esquerda de Liziero. Para corrigir os problemas no setor, Roger sacou o volante, para a entrada de Gabriel Silva. E também precisou trocar Rodrigues, que fazia bom clássico pela lateral-direita. No lugar dele, entrou o também improvisado Matheus Sarará, que treina frequentemente no setor.

No fim, o Inter ensaiou pressão. Mas a vantagem era muito grande. O colorado até se aproveitou da entrada de Sarará, que veio mal para a partida, e não funcionou improvisado. O colorado explorou o lado, criou, mas não chegou ao segundo gol. Assim, a vitória foi insuficiente. O Grêmio, graças ao placar agregado, garantiu vaga na final do Campeonato Gaúcho de 2022. 

No fim do jogo, mais um episódio lamentável, com confusão dentro e fora do gramado. A torcida do Inter arremessou rojões na direção da torcida do Grêmio. No gramado, também houve cenas lamentáveis. Já nos acréscimos, Ferreira vibrou com a torcida e o zagueiro Bruno Méndez não aceitou, dando uma trombada. Ambos foram expulsos.

Campeonato Gaúcho – jogo de volta da semifinal 

Grêmio 0

Brenno; Rodrigues (Sarará), Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Thiago Santos (Gabriel Silva), Lucas Silva, Bitello (Fernando Henrique), Campaz (Janderson) e Elias (Ferreira); Diego Souza. Técnico: Roger Machado

Inter 1 

Daniel; Bustos, Kaique Rocha, Bruno Mendez e Liziero; Gabriel (Johnny), Edenilson, Mauricio (Gustavo Maia) e Taison (Matheus Cadorini); Wesley e David (Caio Vidal). Técnico: Alexander Medina

Gol: Taison (19/2T) 

Cartões amarelos: Nicolas, Ferreira, Thiago Santos, Brenno (Grêmio); Mauricio (Inter) 

Cartões vermelhos: Ferreira (Grêmio); Bruno Méndez (Inter)

Arbitragem: Leandro Vuaden 

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS) 

Data e hora: 23/03, às 22h15min 

Público: 33.837 torcedores

Renda: R$ 2.305.320,00

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Declaração ocorre após pressão feita por correligionários para que ex-governador desista de disputar cargo neste ano

Campo de futebol sete do Parque Pôr do Sol passa a levar o seu nome

Acidente ocorreu no km 34 da rodovia, na localidade de Linha Cordilheira

Três carros se envolveram na colisão que vitimou um jovem de 18 anos