Giro do Vale / Política

Doria renuncia ao governo de São Paulo para disputar a Presidência

Anúncio foi feito nesta quinta-feira em meio à incerteza de quem seria o candidato do PSDB ao Palácio do Planalto

Foto: Divulgação

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), confirmou nesta quinta-feira, dia 31, a renúncia ao cargo para concorrer à Presidência da República nas eleições de outubro. O anúncio foi feito em meio à incerteza de quem seria o candidato do partido ao Palácio do Planalto: se o próprio Doria ou o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

Na manhã desta quinta, Doria teria surpreendido aliados e auxiliares ao comunicar que havia desistido de concorrer ao cargo de chefe do Executivo nacional, fato que entrou nos temas mais comentados nas redes sociais. O anúncio teria pego de surpresa também o vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB), que chegou a pedir demissão da Secretaria de Governo.

No entanto, após o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, confirmar que Doria será o nome do PSDB na corrida ao Palácio do Planalto, o governador voltou atrás. Uma cerimônia no Palácio dos Bandeirantes nesta tarde selou a saída de Doria do governo de São Paulo e a confirmação de que ele concorrerá à Presidência.

De olho na disputa, Eduardo Leite, que renunciou ao governo do Rio Grande do Sul e anunciou recentemente a permanência no PSDB, chegou a costurar uma aliança para ser o candidato da legenda à Presidência, podendo se valer da federação entre o partido e o Cidadania para ser o novo escolhido. Leite anunciou cumprir a última agenda à frente do governo nas cidades de Santa Maria e Pelotas.

Vitória em 2018

João Doria assumiu o governo de São Paulo em 1º de janeiro de 2019 após derrotar o então governador Márcio França no segundo turno das eleições, em 2018. O tucano, ex-prefeito da capital, já havia sido o candidato mais votado na primeira etapa da disputa. Com 100% das urnas apuradas, Doria teve 10.990.350 votos (51,75%).

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Cerca de 155 agentes cumpriram 30 mandados judiciais em 12 cidades gaúchas, tendo como alvos também a caça ilegal e o tráfico de armas

Com bastante nebulosidade e tempo instável, a temperatura varia pouco

Foi descartado qualquer tipo de sinal de violência no corpo da criança

Foi a quinta vez consecutiva que prêmio não teve seis acertadores