Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Destaque / Geral

Prendinha boa de laço, mostra que amor pelas provas campeiras não tem idade

Pequena bom-retirense vem colecionando troféus e medalhas nos rodeios por onde passa

Alana Santos da Costa vem se destacando e sendo premiada nos rodeios por onde passa. (Foto: Juliano Beppler)

Uma prendinha de Bom Retiro do Sul vem se destacando nos rodeios Estado a fora. A pequena Alana Santos da Costa, de apenas 6 anos, tem colecionado troféus e medalhas por onde passa nas disputas de tiro de laço na categoria “vaca parada bonequinha”. Recentemente ela ficou com o segundo lugar na 32ª Fasta Campeira RS, que ocorreu em Pelotas.

Antes de ir para o rodeio de nível estadual, Alana passou por uma seletiva onde se classificou para representar a 24ª Região Tradicionalista no evento, representando o Piquete Cabanha da Fé de Bom Retiro do Sul.

Alana posando com sua conquista mais recente. (Foto: Arquivo pessoal)

Ela que começou com 3 anos a praticar o tiro de laço, contabiliza na sua galeria de conquistas, 31 troféus e sete medalhas, isso que durante dois anos de pandemia não ocorreram competições.

A menina despertou o gosto pelo tiro de laço, tendo como exemplo pai Adriano da Costa, 40 anos, e a irmã Kethlen Costa, 17 anos. O pai diz que quando mais novo, entre os 7 e os 13 anos de idade praticava bastante a modalidade, mas depois acabou parando. Recentemente ele era músico, mas acabou parando com essa atividade, e após 15 anos longe das pistas de tiro de laço, acabou pegando um cavalo em dívida e voltou a se dedicar a essa prática, o que lhe rendeu a companhia das duas filhas, tendo ainda a esposa Queli dos Santos, 36 anos, como grande incentivadora dos três.

Adriano hoje é o responsável pelo Piquete Cabanha da Fé, que em dezembro realizará mais uma edição do já tradicional rodeio que reúne centenas de tradicionalistas em Bom Retiro do Sul durante três dias de programação.

E é nesse local que a pequena Alana realiza seus treinos de tiro de laço na modalidade vaca parada. “Ela desafia até os meninos ou os homens mais velhos que realizam seus treinamentos aqui no Piquete”, conta o pai orgulhoso.

A pequena que se destaca nas provas de vaca parada, aos poucos começa a laçar montando no lombo do cavalo. Os treinos ela já realiza na pista de tiro de laço, e quem sabe logo mais, ela não estará colecionando conquistas em uma nova categoria.

Veja mais imagens

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

As duas vítimas fatais estavam em uma Parati com placa de Cruzeiro do Sul

Estado também terá o avanço de ar frio e seco neste final de semana

Após vitória com autoridade, Colorado é terceiro colocado, com 24 pontos e segue na caça aos líderes da competição

Dois criminosos realizaram o roubo em uma casa na localidade de Linha Travessa