Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter goleia Coritiba no Beira-Rio e volta ao G4 do Brasileirão

Após vitória com autoridade, Colorado é terceiro colocado, com 24 pontos e segue na caça aos líderes da competição

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

A noite chuvosa de sexta-feira em Porto Alegre foi de alegria e sorriso largo para o torcedor do Inter. Com grande atuação, o Colorado venceu o Coritiba por 3 a 0 no estádio Beira-Rio e entrou no G4 do Brasileirão. Agora, são 24 pontos somados e a terceira colocação. A posição é ameaçada por Athletico-PR e Atlético-MG, que podem ultrapassar a equipe até o final da 14ª rodada. 

Se a torcida precisava de uma resposta após a primeira derrota, o time de Mano Menezes correspondeu nesta noite, apesar dos desfalques dos meias Wanderson e Alan Patrick. Os substitutos Pedro Henrique e Taison deram conta do recado, além da boa presença de Alemão no ataque. Depois de driblar quatro marcadores, Pedro Henrique deu para Taison o primeiro gol aos 19 minutos. Aos 41, o meia Edenilson ampliou com “ajeitadinha” de Alemão. Na segunda etapa, foi o atacante que deu números finais ao jogo aos 9 minutos em chute colocado. 

Apesar da luta pela ponta na Série A, o Inter muda o seu foco na próxima semana. Na terça-feira, a equipe encara o Colo-Colo, às 21h30min, no Chile, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. 

Amplo domínio 

Mesmo com os desfalques dos meias Alan Patrick e Wanderson, destaques do time no Brasileirão, o Inter controlou o Coritiba ao longo de toda a primeira etapa. A equipe de Mano sofreu um único susto e foi logo no primeiro minuto. Em rápido ataque, o ponta Alef Manga rolou para o centro da área e o centroavante Léo Gamalho chegou chutando de chapa para grande intervenção do goleiro Daniel. A bola ainda bateu na trave. 

Depois de alguns minutos instáveis, o Colorado foi tomando conta do jogo e construiu a vantagem com naturalidade. Aos 5, o ponta Pedro Henrique fez linda jogada individual e rolou para o atacante Alemão livre na área. Ele finalizou em cima do goleiro e perdeu a chance. Aos 19, novamente com Pedro Henrique entrando a dribles dentro da área, o gol nasceu. Depois de passar por quatro marcadores, ele ajeitou para o centro e Taison só empurrou para o fundo das redes. Golaço. O camisa 7 foi vaiado no anúncio da escalação e deu um passo grande para reconstruir sua relação com os torcedores. 

Aos 30 minutos, uma má notícia. O lateral-direito Bustos sentiu e precisou ser substituído por Heitor. O Coritiba até tinha a posse de bola. No entanto, faltava inspiração e qualidade no ataque. Aos 34, o zagueiro Moledo foi competente. O atacante Igor Paixão driblou a marcação e cruzou. Não fosse o zagueiro afastar, Leo Gamalho poderia marcar. A vantagem maior no marcador veio aos 42 minutos. O meia De Pena encontrou Alemão no centro da área, que protegeu e errou o domínio. Na sobra, Edenilson chegou batendo de chapa e colocou o 2 a 0 no placar. 

Sem sustos 

O Inter voltou sem trocas para o segundo tempo. O Coritiba ficou afoito e nervoso. Além disso, violento em alguns lances. Aos 3 minutos, o lateral Matheus Alexandre deu uma tesoura em cima de Taison no centro do gramado. A torcida protestou pelo vermelho, mas o árbitro ficou no cartão amarelo. 

O Colorado seguia senhor do jogo e sobrava em campo. O terceiro gol veio aos 9 minutos, com Alemão. A zaga se atrapalhou na entrada da área e ele pegou a sobra, driblou a marcação e bateu de chapa sem chances para o goleiro Rafael William. Mesmo que nitidamente tenha recuado pelo resultado, o Inter chegava com naturalidade no ataque. Aos 25 minutos, Moledo obrigou o goleiro a se esticar todo para evitar o quarto gol em toque de cabeça. 

Mano aproveitou a tranquilidade do jogo para promover trocas. Johnny, Mauricio, Kaique Rocha e Caio Vidal entraram nas vagas de Taison, De Pena, Moledo e Pedro Henrique. O camisa 7 recebeu os aplausos da arquibancada. A torcida também festejou o firme retorno de Moledo na defesa. Sem oferecer resistência, o Coxa era envolvido pelo toque de bola colorado e torcia para o tempo passar. Quem também aproveitou para recuperar o crédito foi o goleiro Daniel. Aos 41 minutos, o atacante José Hugo saiu cara a cara com o arqueiro colorado que fez enorme defesa e garantiu a goleada sem gols sofridos no Beira-Rio. 

Campeonato Brasileiro – 14ª rodada

Inter 3 

Daniel; Fabricio Bustos (Heitor), Vitão, Rodrigo Moledo (Kaique Rocha) e Thauan Lara; Gabriel, Edenilson, Carlos de Pena (Johnny) e Taison (Mauricio); Pedro Henrique (Caio Vidal) e Alemão. Técnico: Mano Menezes.

Coritiba 0

Rafael William; Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro (Egídio); Willian Farias e Matías Galarza (Val); Alef Manga (Fabricio Daniel), Thonny Anderson (José Hugo) e Igor Paixão (Neilton); Léo Gamalho. Técnico: Gustavo Morínigo.

Gols: Taison (19min / 1°T) Edenilson (41min/1°T) Alemão (09min/2T°)
Cartões amarelos: Guilherme Biro, Igor Paixão, Thonny Anderson e Matheus Alexandre (Coritiba) Thaun Lara (Inter)
Arbitragem: Jeferson Ferreira de Moraes (GO – CBF)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence e Tiago Gomes da Silva (GO – CBF)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG – CBF)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data e hora: 24/06, sexta-feira, às 21h30min
Público: 13.454 torcedores. 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Quase todo o Estado terá predomínio de chuva

Acidente ocorreu nas proximidades da empresa Neugembauer

Além de perder o seu carro, vítima também perdeu R$ 1,5 mil

O fogo teria iniciado em uma fritadeira com óleo