Giro do Vale / Coluna do Chimarrão

Chimarrão_cabeçalho

== Depois de meses de polêmica e no limite do prazo, a Câmara aprovou na noite de quarta-feira o texto principal do projeto que cria um fundo eleitoral para as eleições de 2018 com recursos públicos.

== Os deputados aprovaram o projeto de autoria do Senado que cria o Fundo Especial de Financiamento de Campanha. Já batizado de “fundão”, ele será abastecido por 30% do valor das emendas parlamentares de bancada previstas para 2018 e ainda dos recursos proveniente da compensação fiscal dada até agora às emissoras de rádio e televisão pela veiculação da propaganda partidária eleitoral.

== Pelos cálculos, o Fundo terá cerca de R$ 2 bilhões para 2018. A votação foi simbólica, o que gerou gritos de quem era contra a proposta. O projeto agora vai à sanção do presidente Michel Temer. A aprovação do fundo público teve como principais cabos eleitorais o PMDB, PT e PCdoB. O financiamento privado está proibido por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

== O projeto do Fundo foi aprovado dentro de um acordo político que leva em conta a promessa de que Temer vetará dois pontos que desagradam os deputados: os critérios de distribuição dos recursos para os partidos e a previsão de que verbas do Fundo Partidário — que já existe — financiariam apenas campanhas majoritárias, como para presidente, por exemplo.

== Ao aprovar a demissão de servidores públicos por “insuficiência de desempenho”, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado lançou uma polêmica envolvendo o suposto fim da estabilidade no funcionalismo. O debate ainda envolve a presumida adoção da meritocracia no setor público. Abaixo, saiba o que prevê o projeto que promete provocar debates fervorosos.

== Projeto de lei que delimita regras para a demissão de servidores públicos por “insuficiência de desempenho” para todos os poderes, nos níveis federal, estadual e municipal. O desempenho funcional dos servidores seria apurado a cada ano por uma comissão avaliadora. A análise ocorreria no período entre 1º de maio e 30 de abril do ano seguinte. Também seria garantido o direito ao contraditório e à ampla defesa.

== O Ministério Público Federal vai investigar os recibos de aluguel apresentados pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como provas de pagamento de aluguel da cobertura vizinha a do petista. A Força-Tarefa da Operação Lava-Jato protocolou, na noite de quinta-feira, ao juiz Sergio Moro o chamado “incidente de falsidade” para apurar a autenticidade dos documentos.

== Um dia agitado! Começou ontem pela manhã com a prisão do presidente do COB – Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, que escondeu na Suíça 16 barras de ouro, o suficiente para fazer medalhas para as três próximas Olimpíadas. Vejam que a farra com o dinheiro público está em muitas áreas do país, onde “autoridades” estão se locupletando com o que deveria ser canalizado para outros fins. Pobre Brasil!

== Na Câmara de Vereadores Adilson Martins saudou a aprovação de projeto que cria a Secretaria da Habitação e Assistência Social, que abrirá portas para se conseguir recursos para a edificação de moradias para pessoas em vulnerabilidade social. Espera que o secretário seja do município e possa desenvolver um bom trabalho na área.

== Vereador Felipe Turatti fez um breve relato de seus primeiros nove meses a serviço da comunidade no legislativo e enumerou várias conquistas e encaminhamentos feitos para diversos órgãos públicos entre outros, sempre no sentido de buscar melhor qualidade de vida, com a destinação de recursos pelos governos estadual e federal, bem como em sua participação em eventos programados para também servir de melhorar o desenvolvimento.

== Silvio Portz disse que esteve visitando vários deputados em Brasília, onde conseguiu cadastrar junto dos representantes gaúchos R$ 24 milhões para tentar a liberação de emendas. Mas adiantou que R$. 130 mil estão garantidos para o hospital, além de uma ambulância, R$ 300 mil para construção da sede própria do CRAS e mais R$ 300 mil para construção de um posto de saúde no Faxinal.

== Tiago Pedroso que buscou emenda para a área de segurança pública, lamentou que chegando ao secretário da segurança estadual, a intenção de vídeo monitoramento não foi contemplada e sim a destinação de coletes, viatura etc., o que considerou irá beneficiar o município. No entanto reclama que veio novamente pacote pronto, não ouvindo a comunidade sobre suas necessidades mais urgentes.

== Giacomini ressaltou o interesse dos vereadores em analisar a fundo o PPA – Plano Plurianual de Investimentos para 2018/2021 e as 15 emendas apresentadas visam exatamente contemplar, na visão do legislativo, o que fora prometido em campanha pelo governo hoje instalado. Os proponentes esperam ser atendidos pelo Executivo no sentido de trazer a qualidade de vida preconizada pela população e esse o motivo das emendas que acrescentam mais recursos em favor da coletividade.

== Em Brasília o pedetista disse que viu como está a capital do país, onde o clima está pesado e a turbulência é grande, mas mesmo assim disse que conseguiu protocolar projetos que visam buscar recursos e destacou que para 2018 obteve garantia de que mais R$ 100 mil para o hospital aplicar no atendimento da saúde local. Agradeceu a receptividade dos deputados que acolheram bem a representação de Bom Retiro.

== Reclamou que continua o legislativo esperando a resposta dos pedidos de informação sobre quantos servidores o município tem. “Além de não sermos atendidos, hoje aprovamos mais quatro contratações”, destacou o vereador.

== Betinho Portz também falou das gestões feitas nos gabinetes que foram visitados pela comitiva local e a exemplo de outros vereadores que foram em busca de recursos, ressaltou a boa recepção tida pelos deputados e disse esperar que os pleitos deixados tivessem o resultado aguardado.

== Antonio Pereira falou de sua emenda ao PPA, visando a instituição de uma unidade móvel de saúde, há anos destacada pelos governos que passaram e hoje essa necessidade é ainda mais premente, pois a população precisa muito da atenção justamente nesse setor e espera que seja contemplada pelo governo municipal.

== A implantação de redutores de velocidade (elevadas) foi solicitado por vários vereadores, devido à alta velocidade que se está sentindo atualmente e também pelo acidente com morte ocorrido nas proximidades do cemitério municipal, que levou empresários e populares a apelar por esses dispositivos, que não são muito bem vindos, pelo transtorno que causam, mas pela sua importância na preservação da vida é hoje o que dá os melhores resultados, pois não há consciência de alguns motoristas, quando na direção de veículo.

Reflita: Somos feitos de carne, mas temos de viver como se fôssemos de ferro. (Sigmund Freud)

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Divulgação

Consulta deve ser feita pela internet ou por aplicativo

Foto: Reprodução

Suspeito pelos disparos é um adolescente, filho de militares de 14 anos. Ele está aprendido

Foto: Divulgação

Condutor sem habilitação foi manobrar e não percebeu uma moto que seguia pela via

Foto: Brigada Militar / Divulgação

Este foi o terceiro caso registrado nos últimos dias