Giro do Vale / Coluna do Chimarrão

== A Festa da Família como é conhecido o nosso Natal nas Águas chegou a sua 11ª edição na tarde noite do último sábado, depois de ser transferida em função do clima que não favoreceu a programação que é externa e frustrou a expectativa da comunidade regional.

== E, em que pese a torcida de uma pequena parcela da sociedade local para que novamente o tempo fosse o empecilho para a realização da maior festa do município e uma das maiores do Vale do Taquari, São Pedro frustrou a vontade de poucos e atendeu o anseio da maioria.

== Não choveu e o grande público novamente acorreu para o município de Bom Retiro que acolheu gente de dezenas de municípios, inclusive de fora da região e segundo os organizadores, mais de 20 mil pessoas estiveram prestigiando o Natal nas Águas/2018, que teve uma vasta programação para os mais diversos públicos.

== O ponto alto da noite foi novamente o show pirotécnico musical que a cada ano tem encantado o público com as inovações feitas. Realmente fantástico e segundo o prefeito, a organização do evento deve aprimorar para este ano a programação e oferecer um espetáculo ainda melhor. É o que se espera, pois o município na última década, a exemplo de outros do RS, tem se tornado referência nesse tipo de evento para um grande público.

== Mas, como sempre tem um, mas, um ponto que chamou atenção foi o objetivo social do evento, ou seja, o ingresso que por lei nas grandes programações locais, é estabelecido um ou mais quilos de alimento não perecível. E, pela estimativa de público ficou abaixo das expectativas, pois se o público realmente ficou na casa dos 24 mil pessoas e o que se apurou, os alimentos chegaram a 5 toneladas, em torno de um quinto do público, ou menos, participou nessa campanha que é tão importante para as pessoas carentes.

== Se confirmado o público e a quantidade de donativos arrecadados, o quesito solidariedade voltou a não funcionar e isso já aconteceu em outros eventos do Natal nas Águas. Uma pena, pois em lugar algum, em eventos dessa envergadura, o público tem oportunidade de presenciar uma programação tão variada por um ingresso a praticamente custo zero.

== O governo vai recorrer da decisão da Justiça Federal do Rio de Janeiro que suspendeu ontem a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) no Ministério do Trabalho. A Advocacia Geral da União (AGU) será acionada para cuidar do caso. ”Não dá para uma ministra ficar esperando, a AGU tem que agir rápido” disse um assessor do Palácio do Planalto.

== A posse da deputada estava marcada para as 15h dessa terça-feira. Ela chegou a ligar para Temer, nessa segunda-feira, para confirmar se a cerimônia estava de pé, e perguntou até mesmo se havia possibilidade de antecipar a posse para esta segunda, sugestão que o presidente não acatou.

== A chefe de gabinete da presidência do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Daniela Tagliari Kreling Lau, publicou em sua página pessoal do Facebook uma petição online em apoio à condenação e à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

== A corte vai julgar o recurso do ex-presidente no dia 24 de janeiro contra a sentença do juiz Sergio Moro no caso do tríplex do Guarujá.

== A publicação feita na quarta-feira passada levou vários petistas às redes sociais para contestar a imparcialidade do tribunal em analisar o caso depois da postura da servidora.

== No Twitter, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), escreveu que Lula é alvo de “perseguição e ativismo político” dentro do TRF4.

== O deputado federal Jair Bolsonaro postou, em suas redes sociais, um trecho da participação do apresentador  da TV Globo e empresário Luciano Huck em um quadro do Domingão do Faustão, alfinetando o tom de discurso político da fala do artista.

== “’Comovente’ depoimento do presidenciável Luciano Huck hoje no Faustão”, escreveu ele. “A Globo aceita qualquer um na presidência, exceto Jair Bolsonaro”.

== No vídeo, Huck conta que está “há 18 anos viajando por esse país. As pessoas, por causa da televisão, me recebem de um jeito muito fraterno, com uma intimidade que é um privilégio que Deus me deu”.

== Huck foi cogitado como presidenciável, mas anunciou, no final de novembro passado, que não tinha intenção de se candidatar. Há dúvidas, no entanto, quanto ao caráter definitivo do recuo, em parte devido ao tom ambíguo de algumas declarações e pronunciamentos do apresentador.

== Um novo golpe já obteve mais de 600 mil cliques neste ano e utiliza um velho assunto, que por diversas vezes serviu como isca para atrair vítimas em 2017, o saque do FGTS.

== Segundo pesquisadores da Eset, fabricante de softwares de segurança, o golpe começa com uma mensagem que informa que quem trabalhou entre 1998 a 2016 com carteira assinada pode receber 2 salários mínimos. A mensagem contém um link onde supostamente é possível verificar a lista completa de beneficiados.

== Ao clicar no link, ao invés de obter ou acessar uma lista de beneficiados, a vítima é redirecionada para uma página, na qual deve preencher seus dados como nome, data de nascimento, estado e selecionar outras duas opções.

== Ao clicar no botão de download, ao invés de obter a lista, a vítima é instruída a compartilhar a mensagem com cinco amigos no Whatsapp. Para gerar uma aparência de veracidade da ação, os golpistas publicam falsos comentários de supostos usuários no Facebook.

== Ao concluir os cinco compartilhamentos, a vítima é automaticamente redirecionada para diferentes sites, chegando a uma página bastante duvidosa que promete vagas de emprego, ou seja, nada relacionado à questão inicial do FGTS.

== “Mesmo já tendo terminado o prazo para o saque do FGTS inativo há mais de seis meses, o assunto continua sendo explorado. Isso indica que as principais formas de se proteger de golpes online são a informação e o bom senso. Sempre que receber algo que parece bom demais para ser verdade, desconfie e pesquise sobre antes de clicar”, afirma Camillo Di Jorge, Country Manager da Eset no Brasil.

Vale ressaltar que a Caixa Econômica Federal não tem qualquer tipo de ligação com os golpistas virtuais e seu nome é usado como isca para atrair vítimas. E naturalmente, com a possibilidade (que não existe) de ganhar dinheiro, as pessoas clicam e se danam. Eu particularmente não clico em links e tampouco reenvio o que recebo no Messenger do facebook. Fica a dica!.

Reflita: Ser humilde com os superiores é obrigação, com os colegas é cortesia, com os inferiores é nobreza. (Benjamin Franklin)

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Solenidade contou com a presença do Chefe de Polícia do RS, delegado Emerson Wendt.

Ação da Brigada Militar ocorreu no final da tarde, e noite de quinta-feira em cidades da região.

O suspeito da autoria, é um ex, da atual companheira da vítima.

Sujeito estava foragido do sistema prisional desde o final de 2017.