Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Destaque / Saúde

Cresce o número de casos de dengue em Bom Retiro do Sul

Lagoa de contenção em frigorífico desativado no Bairro São João, é fonte de proliferação do mosquito

Foto: Divulgação

Bom Retiro do Sul já tem 29 casos de dengue confirmados oficialmente pelo Laboratório Central do Estado (LACEN). A informação foi dada pelo prefeito Edmilson Busatto na manhã desta sexta-feira, dia 16, em entrevista à Rádio Independente.

Segundo o chefe do executivo, muitas pessoas estão realizando exames em laboratórios particulares, e se esses também forem contabilizados, o número de casos positivos pode ultrapassar os 50.

“Com uma atenção muito voltada à Covid-19, a gente talvez deixou um pouquinho de lado essas questões”, disse o prefeito em relação ao aparecimento e aumento no número de casos de dengue.

Busatto ainda ressaltou que está sendo feiito integrado com várias secretarias, em ações voltadas ao combate de focos de criação do mosquito, e conscientização da população para auxiliar nesse momento.

Foco no Bairro São João

Segundo o prefeito, nesta sexta-feira pela manhã houve uma visita da FEPAM em um dos pontos considerados foco de proliferação das larvas do mosquito. A planta de um frigorífico desativado no Bairro São João, conta com grandes lagoas de água, onde foi constatada a presença de larvas do mosquito aedes aegypti.

Um grande número de casos de pacientes com dengue, foi registrado em moradores da região próxima ao frigorífico. Por isso, duas dessas lagoas foram esvaziadas, e também foi aplicado produto para conter o avanço do mosquito transmissor da doença.

Um caso grave

Uma paciente do município foi diagnosticada com dengue hemorrágica, caso mais grave da doença. Ela estava internada no Hospital de Caridade Sant’Ana, e foi transferida para UTI do hospital de Vacaria .

Fiscalização e conscientização

A Vigilância Sanitária do município, junto com as Agentes Comunitárias de Saúde, ampliou a visita às residências no município com ações para conter a proliferação das larvas do mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue.

Nos espaços públicos e nas vias urbanas, equipes prosseguem com o recolhimento de entulhos e lixo, que apresentam risco de acumular água.

Sintomas

Pessoas com dengue apresentam sintomas como febre, indisposição e dores nos músculos e atrás dos olhos. Ao apresentar qualquer destes, a recomendação é para que se procure atendimento médico imediato.

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Este é o menor patamar desde 10 de fevereiro, quando havia 802 pessoas em estado grave no Estado

Geada ainda aparece na maior parte do Estado ao amanhecer

De acordo com o Governo do Estado, são 140.800 doses da Coronavac e 166.140 doses da Pfizer

Um carro da Brigada Militar capotou e policial ficou ferido na ação