Giro do Vale / Destaque / Economia

Conta de luz vai ficar mais cara, com reajuste de mais de 20% da bandeira tarifária

Aumento dos valores cobrados pelo sistema da bandeira tarifária vai confirmado pelo diretor-geral da Aneel, André Pepitone

Foto: Divulgação

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, afirmou nesta terça-feira, dia 15, que o aumento dos valores cobrados pelo sistema de bandeira tarifária vai superar 20%, conforme era previsto ao abrir o debate sobre o tema em consulta pública.

Atualmente, as contas de luz sinalizam a bandeira vermelha Patamar 2, que acrescenta R$ 6,243 para cada 100 kilowatt-hora (kWh) consumidos. Durante audiência pública virtual da Câmara dos Deputados, Pepitone disse que o novo valor da bandeira vermelha Patamar 2 deve ir além da estimativa aproximada de R$ 7 que foi apresentado. “Posso antecipar que será bem maior do que os R$ 6,24”.

Segundo o diretor-geral, a Aneel já sorteou um diretor para relatar a atualização dos valores da bandeira amarela (R$ 1,343/100KWh) e das bandeira vermelhas Patamar 1 (R$ 4,169/100KWh) e Patamar 2. A calibragem dos valores servem para dar uma sinalização mais correta aos consumidores sobre o aumento do custo da energia, devido ao acionamento mais intenso das usinas térmicas, e ainda aliviar o caixa das distribuidora que não precisam “carregar” essa despesa até os reajustes tarifários do ano seguinte.

Ao participar da audiência virtual sobre crise hídrica e risco de racionamento de energia, Pepitone informou que a diretoria da Aneel aprovou nesta terça-feira a prorrogação, por mais três meses, da suspensão do corte no fornecimento de luz aos consumidores inadimplentes enquadrados na classe de baixa renda. A medida, tomada desde o ano passado em razão da pandemia, valeria até o fim deste mês, mas foi prorrogada até setembro.

“O objetivo da agência é atenuar o sofrimento da população mais vulnerável”, afirmou Pepitone. Segundo ele, são 14 milhões de unidades consumidoras que podem ser beneficiadas pela medida, que não significa o perdão da dívida com a distribuidora.

Valor Investe

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Este é o menor patamar desde 10 de fevereiro, quando havia 802 pessoas em estado grave no Estado

Geada ainda aparece na maior parte do Estado ao amanhecer

De acordo com o Governo do Estado, são 140.800 doses da Coronavac e 166.140 doses da Pfizer

Um carro da Brigada Militar capotou e policial ficou ferido na ação