Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Geral

Microempresários e microempreendedores de Bom Retiro do Sul já podem se cadastrar para solicitar o auxílio emergencial

O auxílio poderá ser requerido de 8 a 18 de junho de 2021, por meio de formulário disponível no Setor de Protocolo da prefeitura

Foto: Divulgação

Os pequenos e microempresários, micro empreendedores individuais (MEI) e profissionais autônomos estabelecidos no município de Bom Retiro do Sul, que tiveram as atividades paralisadas por força de Decretos Estaduais e Municipais durante a pandemia, podem solicitar o auxílio financeiro emergencial a partir desta terça-feira, dia 8.

O benefício consta no projeto de lei 059/2021, aprovado pelo Legislativo Municipal, que tem por finalidade atender os profissionais que tiveram prejuízos econômicos devido às restrições de circulação pela situação de calamidade pública no enfrentamento a pandemia de Coronavírus (Covid-19).

O programa terá um recurso total de R$ 40 mil. O Executivo Municipal e o Legislativo Municipal destinaram R$ 20 mil cada. O auxílio financeiro será de até R$ 500,00 por empresário ou profissional, pago em parcela única.

O auxílio poderá ser requerido de 8 a 18 de junho de 2021, por meio de formulário disponível no Setor de Protocolo, junto ao Centro Administrativo. Após esta data, os requerimentos serão encaminhados para a Comissão responsável pela análise e avaliação da inscrição e dos documentos necessários, classificando os inscritos conforme os critérios pré-estabelecidos na lei municipal. A lista dos candidatos beneficiados será divulgada posteriormente.

Documentos necessários para solicitação do auxílio emergencial:

  • Requerimento do auxílio financeiro (formulário padrão);
  • Contrato Social, alterações e consolidações;
  • Inscrição de profissional autônomo junto ao cadastro municipal;
  • Cópia do CNPJ e QSA;
  • Cópia de Alvará de licença;
  • Comprovante de endereço da empresa;
  • Cópia do RG e CPF;
  • Contrato de locação em nome do requerente ou contrato de financiamento de imóvel comercial vigente, firmado antes de 1º de janeiro de 2021;
  • Declaração de renda do requerente e membros do núcleo familiar; (formulário);
  • Conta bancária em nome do requerente para recebimento do auxílio; (formulário);
  • Certidão de Nascimento ou Carteira de Identidade dos membros que compõe o Núcleo Familiar.

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Este é o menor patamar desde 10 de fevereiro, quando havia 802 pessoas em estado grave no Estado

Geada ainda aparece na maior parte do Estado ao amanhecer

De acordo com o Governo do Estado, são 140.800 doses da Coronavac e 166.140 doses da Pfizer

Um carro da Brigada Militar capotou e policial ficou ferido na ação