Giro do Vale / Geral / País

PF encontra dinheiro em caixas e malas dentro de imóvel que seria usado por Geddel

Grande quantia foi localizada em endereço em Salvador na Bahia.

Foto: Polícia Federal / Divulgação

Foto: Polícia Federal / Divulgação

A Polícia Federal (PF) encontrou, nesta terça-feira, dia 5, dinheiro em um apartamento em Salvador, na Bahia, supostamente ligado a Geddel Vieira Lima, ex-ministro de Michel Temer. A operação, nomeada Tesouro Perdido, cumpriu mandado de busca e apreensão emitido pela 10ª Vara Federal de Brasília.

Conforme a PF, após investigações decorrentes de dados coletados nas últimas fases da Operação Cui Bono, foi localizado um endereço na capital baiana que seria utilizado por Geddel Vieira Lima como “bunker” para armazenagem de dinheiro em espécie. Durante as buscas foi encontrada grande quantia. Os valores apreendidos serão transportados a um banco onde serão contabilizados e depositados em conta judicial.

Geddel foi preso em julho acusado de participar de esquema ilegal de liberação de recursos na Caixa, banco do qual foi vice-presidente durante a gestão Dilma Rousseff. No governo Temer, ele foi ministro da Secretaria de Governo, responsável pela articulação política do Palácio com o Congresso, pela distribuição de cargos e de emendas parlamentares. Desde 12 de julho, o ex-ministro está em prisão domiciliar sem o uso de tornozeleira eletrônica por ordem do desembargador Ney Bello.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Três pessoas teriam sofrido ferimentos, mas sem gravidade.

Bando fez cordão humano com vítimas.

Alunas aprendem noções iniciais de informática, manuseio do mouse e teclado, editor de textos, internet e e-mail.

O recurso foi destinado pelo Deputado Federal Covatti Filho (PP) por solicitação da executiva municipal do partido.