Giro do Vale / Arvorezinha / Polícia

Identificado refém que acabou morto após assalto a bancos em Arvorezinha

Brigada Militar faz cerco aos criminosos que estão escondidos em um mato na localidade de Linha Quarta.

Gelson Caproski (34) foi atingido durante confronto entre polícia e bandidos. (Foto: Reprodução WhatsApp)

Foi identificado o homem que acabou morto após ser atingido durante o confronto entre policiais e a quadrilha que assaltou dois bancos no município de Arvorezinha na tarde desta quinta-feira. A vítima é Gelson Caproski (34), morador de Itapuca.

Caproski foi utilizado, juntamente com outras pessoas, como escudo humano durante o assalto, e na sequência foi levado como refém na fuga dos criminosos. Durante o confronto houve troca de tiros, e ele que estava no porta-malas do veículo da quadrilha acabou sendo atingido.

Seu corpo foi encontrado as margens de uma estrada na localidade de Linha Quarta, interior de Arvorezinha, ao lado do carro do bando, que estava em chamas. Há informação que os bandidos se embrenharam em um mato, e teriam levado reféns.

A polícia acredita que um dos criminosos também possa estar ferido, mas ainda assim seguiu em fuga.

O policiamento da região segue na caçada aos criminosos, inclusive com o auxílio de três helicópteros da Brigada Militar, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal.

 

Giro do Vale

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Material foi adquirido a partir de doações de pessoas que auxiliaram as idealizadoras do projeto

Ao menos quatro criminosos invadiram uma oficina, na rua Oscar Pedro Scherer e levaram o rapaz como refém

Acidente ocorreu no km 26 da rodovia, em frente a ponte do Arroio Boa Vista