Giro do Vale / Destaque / Estado / Polícia

Madrugada tem confronto com assaltantes de banco no interior de Putinga

Suspeito baleado foi preso no interior de Ilópolis

Foto: Josevan Ferreira / Grupo Independente / Divulgação

Durante as buscas aos criminosos que atacaram duas agências bancárias de Arvorezinha, na tarde da última quinta-feira, dia 7, policiais militares entraram em confronto com o bando na madrugada desta sexta-feira, dia 8, no interior de Putinga.

Segundo informações, ninguém foi preso, mas as barreiras são intensificadas, tendo em vista que a quadrilha permanece pela região do ataque.

Ainda ontem, um suspeito de integrar o bando foi preso no interior do município de Ilópolis. Ele estava ferido e ocupava uma caminhonete Hilux branca, que havia sido locada em uma empresa de Encantado. Sua identidade ainda não foi revelada.

Refém é morto durante ação da quadrilha

Pelo menos oito bandidos fortemente armados atacaram as agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, simultaneamente. Encapuzados, eles fizeram um cordão humano e efetuaram vários tiros para o alto, a maioria de fuzis.

Foto: Reprodução WhatsApp

Após o roubo de quantia em dinheiro não informada, a quadrilha fugiu pela localidade de Linha Quarta, onde ateou fogo em um veículo Corolla. Nas proximidades, a polícia encontrou o corpo de um refém, ao lado do asfalto. Trata-se de Gérson Coproski (34), morador de Itapuca. Na hora do assalto, ele estava nas proximidades do Banco do Brasil e foi usado como escudo humano.

Houve pelo menos duas trocas de tiros entre o policiamento e os assaltantes. Os criminosos fugiram a pé para matagais. Os outros reféns foram libertados. O policiamento segue com barreiras pela região.

 

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Solenidade contou com a presença do Chefe de Polícia do RS, delegado Emerson Wendt.

Ação da Brigada Militar ocorreu no final da tarde, e noite de quinta-feira em cidades da região.

O suspeito da autoria, é um ex, da atual companheira da vítima.

Sujeito estava foragido do sistema prisional desde o final de 2017.