Giro do Vale / Destaque / Saúde

Índia libera envio da vacina contra o Covid-19 para o Brasil

Anvisa já aprovou o uso emergencial do imunizante da farmacêutica AstraZeneca

Foto: Reuters / Dado Ruvic / Divulgação

O governo da Índia liberou as exportações comerciais de vacinas contra covid-19 para o Brasil e Marrocos A informação foi repassada pelo chanceler do país asiático, Harsh Vardhan Shringla, à agência Reuters.

Na última semana o Brasil havia preparado um avião para buscar as doses, mas cancelou a viagem após a Índia suspender a exportação.

As vacinas desenvolvidas pela farmacêutica britânica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford estão sendo fabricadas no Intituto Serum , na Índia, e já receberam aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso emergencial no Brasil.

De acordo com a Reuters, o secretário das Relações Exteriores disse que o fornecimento comercial da vacina começaria na sexta-feira, dia 18, de acordo com o compromisso do primeiro-ministro Narendra Modi de que as capacidades de produção da Índia seriam usadas para “toda a humanidade” para combater a pandemia.

“Respondemos positivamente aos pedidos de países de todo o mundo de fornecimento de vacinas manufaturadas na Índia, começando pelos nossos vizinhos”, disse o secretário das Relações Exteriores, Harsh Vardhan Shringla. 

“O fornecimento das quantidades comercialmente contratadas também começará a partir de amanhã, dia 22, começando por Brasil e Marrocos, seguidos de África do Sul e Arábia Saudita”, completou.

O governo indiano suspendeu a exportação de doses até iniciar seu próprio programa doméstico de imunização no fim de semana passado. No início desta semana, enviou carregamentos gratuitos para seis países vizinhos. Brasil havia sido excluído da lista.

GaúchaZH

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

O espaço da sala de recuperação do bloco cirúrgico passa a funcionar como uma UTI Intermediária Covid 19

Ele assina contrato até dezembro de 2022

Lote deve chegar ao Aeroporto Salgado Filho no período da manhã

Hospital São José apresenta lotação dos 10 leitos disponíveis para UTI Covid