Giro do Vale

Giro do Vale

domingo, 23 de junho de 2024

Concursados da segurança terão reunião com chefe da Casa Civil nesta terça

Foto: André Ávila / Divulgação

Foto: André Ávila / Divulgação

Uma reunião foi marcada para esta terça-feira, às 9h30min, com o chefe da Casa Civil, Márcio Biolchi, para tratar da situação dos aprovados em concurso da área da segurança pública. “Gostaríamos de ter aberto esse diálogo hoje, mas o governador havia designado um sub-chefe da Casa Civil para Assuntos Parlamentares para tratar do assunto. Segurança pública é um tema muito importante para ser mediado por um sub-chefe”, avaliou o presidente da Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa, deputado estadual Nelsinho Metalúrgico (PT).

Com o Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa lotado aconteceu, na manhã desta segunda-feira, a audiência pública que tratou sobre a situação dos aprovados. A principal reivindicação foi a apresentação de um calendário sobre as contratações. Representando a Secretaria de Segurança do Estado esteve presente o tenente coronel Luiz Porto e a superintendente da Susepe, Marli Stock. Ambos destacaram que o governo do Estado está aberto para o diálogo e quer buscar uma solução para o impasse.

Os concursados exigem o chamamento de cerca de 660 policiais civis e 2,4 mil brigadianos e bombeiros. “São 22 PMs por dia pedindo aposentadoria e nós temos novos concursados já aptos e o governo não sinaliza com nada”, disse Leonel Lucas, que representa a associação dos soldados da Brigada Militar. O secretário de Segurança Pública do Estado, Wantuir Jacini, foi convidado para o evento, mas não compareceu. A Brigada Militar soma hoje cerca de 14,5 mil servidores, enquanto a Polícia Civil, em torno de 5,7 mil.

Compartilhe:

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados no momento.

Leia também