Giro do Vale

Giro do Vale

sábado, 22 de junho de 2024

Suspeito de matar companheira se apresenta à polícia

O homem suspeito de ter matado a companheira a tiros em frente ao Hospital São Sebastião Mártir, em Venâncio Aires, se apresentou à polícia nesta segunda-feira. O crime ocorreu na madrugada desse domingo, no Vale do Rio Pardo. O titular da Delegacia de Polícia (DP) da cidade, delegado Felipe Staub Cano, ouve o relato do suspeito nesta manhã.

As primeiras investigações dão conta de que o casal havia discutido horas antes do crime, na casa da vítima, Miriam Roselene Gabe, 33 anos. Segundo a polícia, ela já havia sido agredida e por esse motivo procurou atendimento na instituição de saúde. A mulher e o homem tinham um filho, mantido sob a guarda da mãe.

Segundo a Polícia Civil, Miriam foi retirada à força de dentro do hospital e foi atingida por dois disparos, um no rosto e um no braço. Ela morreu no local. Quando invadiu o hospital, o suspeito ainda acertou um tiro na barriga de um vigia. Segundo informações da casa de saúde, o funcionário não corre risco de morte. O suspeito fugiu em um veículo Chevrolet Celta, de cor prata.

O crime de feminicídio – o assassinato de mulheres por razões de gênero – foi incluído no Código Penal Brasileiro como crime hediondo no início deste mês após sanção da presidente Dilma Rousseff. O projeto que resultou na lei foi elaborado pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Violência contra a Mulher, no Congresso Nacional.

Compartilhe:

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados no momento.

Leia também